RECIFE

''Mostrar corpo não é convite'', diz Gaby Amarantos no Carnaval do Recife

A cantora paraense criticou o motorista que foi banido da Uber por assédio a jovem. O homem alegou que ela 'usava short tipo Anitta'

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 23/02/2020 às 2:59
Notícia
Jailton Jr. /JC Imagem
FOTO: Jailton Jr. /JC Imagem
Leitura:

A cantora Gaby Amarantos disse, neste domingo (23), de Carnaval no Recife, que as mulheres podem, sim, mostrar seus corpos sem que isso seja um convite. A fala fez referência ao motorista de aplicativo acusado de assediar uma passageira menor de idade. Ao ser entrevistado, na última semana, o homem tentou se defender e disse que a garota estava chamando a atenção usando um short "tipo Anitta".

>> Jovem de 17 anos denuncia assédio em corrida no Uber

"Vimos um episódio de um motorista se achando no direito de assediar uma jovem. Podemos mostrar nossos corpos, não é um convite. Não é não", disse Gaby. Durante o show, a cantora paraense também fez referência ao episódio ao cantar a música Beba Doida. "Ela pode estar beba, pode estar doida, pode estar de shortinho, mas isso não é convite", disse ela ovacionada pelo público presente na segunda noite de Carnaval do Recife.

>>  Show de Elza Soares neste sábado no Marco Zero do Recife é interrompido por problemas técnicos

>> ''O meu corpo é meu e eu mando'', diz Michelle Melo pedindo respeito às mulheres no Carnaval do Recife

>> Show de abertura do Carnaval do Recife tem críticas a Bolsonaro e exaltação a jornalistas

>>> Não tem pra ninguém: Galo da Madrugada reina absoluto

>>> Pabllo Vitar, Gaby Amarantos, Fafá de Belém e mais. Veja famosos que agitaram o Galo da Madrugada

>>> Pabllo Vittar arrasa com fantasia de 'coelhinha da playboy' em estreia no Galo da Madrugada

>>> Coroa vírus, 'noivas' cearenses e muita 'resenha' agitaram desfile do Ceroula de Olinda

Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Multidão foi para as ruas do Recife Antigo curtir mais um dia de Carnaval - Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Jailton Jr. /JC Imagem
As mulheres brilharam no palco montado no Marco Zero - Jailton Jr. /JC Imagem
Jailton Jr. /JC Imagem
- Jailton Jr. /JC Imagem
Jailton Jr. /JC Imagem
- Jailton Jr. /JC Imagem
Jailton Jr. /JC Imagem
- Jailton Jr. /JC Imagem
Jailton Jr. /JC Imagem
- Jailton Jr. /JC Imagem
Jailton Jr. /JC Imagem
Elza Soares foi outra atração no Marco Zero - Jailton Jr. /JC Imagem
Jailton Jr. /JC Imagem
- Jailton Jr. /JC Imagem
Wellington Lima/JC Imagem
As mulheres vão dominar o evento, com diversas atrações - Wellington Lima/JC Imagem
Jailton Jr. /JC Imagem
- Jailton Jr. /JC Imagem
JC Imagem
- JC Imagem
JC Imagem
O palco montado no Marco Zero ainda vai receber grandes atrações do Carnaval 2020 - JC Imagem

 

As mulheres comandaram a segunda noite de shows do Recife. Além de Gaby, o palco principal, no Marco Zero, teve apresentações das cantoras Nena Queiroga (e convidadas), Elza Soares, além da peça a Dita Curva, protagonizada pelas artistas Flaira Ferro, Aishá Lourenço, Aninha Martins, Isaar, Isadora Melo, Laís de Assis, Luna Vitrolira, Paula Bujes, Sofia Freire e Ylana Queiroga.

>> ''O negócio é ir para a rua'', diz Elza Soares após gritos contra Bolsonaro no Carnaval do Recife

A cantora Michelle Melo também se apresentou e fez um discurso em defesa do respeito. "Se eu uso roupa curta e gosto de rebolar, se eu abuso do decote, é porque eu quero mostrar. O meu corpo é meu e eu mando, ninguém mete a colher. Eu só preciso de respeito para ser o que eu quiser", disse Michelle antes de iniciar o clássico do brega 'Baby Doll', em ritmo de frevo.

Representatividade

Já Gaby cobrou que as mulheres tenham seu espaço não somente no Carnaval. "É um momento extremamente necessário, e queremos ver essa representatividade não só no Carnaval. Queremos estar em todos os espaços, mas isso não quer dizer que os homens também não podem", explicou.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), também falou sobre a importância da noite destinada às mulheres. "Uma noite muito importante que trata de um tema sério, violência, assédio, não é tema engraçado, precisa ser combatido. Fazemos campanha do 'Não é Não', respeite o limite do outro faça com consentimento, nada forçado", afirmou o gestor.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias