jogo

Metroviários ameaçam paralisação em caso de falta de segurança

A segurança é uma reivindicação antiga da categoria, principalmente em dias de jogo de futebol

Larissa Alves
Larissa Alves
Publicado em 01/06/2016 às 15:10
Foto: Diego Nigro/JC Trânsito
A segurança é uma reivindicação antiga da categoria, principalmente em dias de jogo de futebol - Foto: Diego Nigro/JC Trânsito
Leitura:

O  Sindicato dos Metroviários de Pernambuco ameaçou paralisar as atividades caso ocorra vandalismo nas estações e trens do Recife. Mais cedo, o sindicato havia comunicado, em nota oficial, que paralisaria as atividades completamente a partir das 16h, caso não houvesse reforço de policiamento. A segurança é uma reivindicação antiga da categoria, principalmente em dias de jogo de futebol. Na noite desta quarta-feira (1), Santa Cruz e Sport se enfrentam às 21h45 no estádio José do Rego Maciel, no bairro do Arruda, pelo Campeonato da série A. Em nota oficial, a Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que efetivos estarão no local duas horas antes da partida.

O diretor de comunicação do sindicato, Levi Arruda, reforçou que caso não haja segurança nas estações, os trabalhadores têm o direito de recusa ao trabalho. "Isto não é uma greve, é apenas uma questão de segurança aos trabalhadores. Nossos metroviários ficarão de olho nas estações para verificar a segurança. Caso não observem, eles têm o direito de recusa ao trabalho", explicou.

Na nota da SDS, a Polícia Militar (PM) informou que 187 policiais estarão patrulhando e monitorando as 13 estações do metrô e os nove terminais integrados, a fim de inibir ações de vândalos. A ação será monitorada, por oficiais da corporação, através das câmeras de segurança no Centro Integrado de Controle e Comando Regional. 

A CBTU Recife garantiu em nota que o metrô funcionará em esquema especial, caso ocorra a paralisação, porém não forneceu detalhes do esquema. Confira a nota na íntegra:

A CBTU Recife informa que, caso ocorra paralisação dos maquinistas atendendo solicitação do Sindicato dos metroviários, a Superintendência da Companhia montou uma operação especial para evitar transtornos aos milhares de passageiros que utilizam o metrô diariamente. A circulação de trens continuará até as 23h, como usual.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias