Insegurança

2017 já tem mais assaltos a ônibus que primeiro trimestre de 2016

O Sindicato dos Rodoviários já contabilizou 448 assaltos neste ano

JC Online
JC Online
Publicado em 10/02/2017 às 9:26
Guga Matos/JC Imagem
O Sindicato dos Rodoviários já contabilizou 448 assaltos neste ano - FOTO: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

O número de assaltos a ônibus em 2017 já é maior do que os contabilizados no primeiro trimestre do ano passado. Neste ano, 448 coletivos já sofreram com investidas de bandidos, enquanto que em janeiro (175), fevereiro (75) e março (148) de 2016, foram 398 assaltos. Os números são do Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, que faz a contagem dos assaltos em parceria com a Rádio Jornal. Apenas nas últimas 24h, foram 14 investidas, que ocorreram em Recife, Olinda, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe e Paulista

Destes 14 assaltos, cinco ocorreram na Capital pernambucana, nos bairros de Torrões, Joana Bezerra, São José, Casa Amarela e Barro. Em Olinda, aconteceram outros cinco assaltos, em São Benedito, Jardim Fragoso, Amparo, Ponte Preta e Aguazinha. Também ocorreram investidas de bandidos em Pontezinha, no Cabo, na Estrada de Aldeia, em Camaragibe e em Maranguape II, em Paulista. 

O número de assaltos contabilizados até o dia 9 de fevereiro de 2017 já é maior do que todo o mês em 2016. Neste ano, foram contabilizados 103 investidas a coletivos. Em fevereiro do ano passado, foram 75. Uma tentativa de assalto a ônibus, ocorrida na noite dessa quinta-feira (9), na linha Parque Capibaribe/Caxangá, deixou um passageiro morto e dois assaltantes feridos no bairro da Várzea, na Zona Oeste do Recife.

Por meio de uma nota, a Polícia Militar comentou sobre o que tem sido feito para conter os assaltos a ônibus. Confira a íntegra da nota:

A Polícia Militar informa que a Operação Transporte Seguro tem realizado prisões na Região Metropolitana do Recife. De janeiro de 2017 até o dia 8 de fevereiro foram realizadas 3.928 abordagens, resultando na apreensão de 10 armas de fogo e duas armas branca, sendo 22 pessoas encaminhadas para a Delegacia.  

A corporação lembra que a operação passa pela identificação dos pontos com maior incidência de ocorrências, de acordo com informações colhidas junto ao Grande Recife Consórcio e aos boletins de ocorrência. As abordagens a coletivos são feitas por dez equipes espalhadas por esses locais pré-identificados, com o lançamento ordinário dos batalhões de área e apoio dos batalhões especializados, como Radiopatrulha e CIPCães.

Carnaval

Na última sexta-feira (3), o Sindicato dos Rodoviários anunciou, em coletiva de impresa, que irá convocar uma assembleia com a categoria uma semana antes do Carnaval, para decidir se os rodoviários vão ou não cruzar os braços durante as festividades de Momo. De acordo com Benilson Custódio, presidente do Sindicato dos Rodoviários, a categoria tenta diálogo com o Governo do Estado. "No fim de janeiro, protocolamos mais de 12 ofícios enviados aos órgãos responsáveis em Recife e Olinda. Estamos cobrando uma resposta do Governo", afirmou Benilson.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias