Confusão

Metrô do Recife demorou a reduzir passagem porque notificação estava no spam, diz CBTU

O novo valor foi confirmado pela assessoria da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) na capital pernambucana, após ter sido estabelecido em decisão judicial

JC Trânsito
JC Trânsito
Publicado em 23/11/2018 às 15:42
Foto: Sérgio Bernando/ JC Imagem
O novo valor foi confirmado pela assessoria da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) na capital pernambucana, após ter sido estabelecido em decisão judicial - Foto: Sérgio Bernando/ JC Imagem
Leitura:

Nesta sexta-feira (23), o superintendente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) do Recife, Leonardo Villar, relatou, em entrevista à Rádio Jornal, que a notificação da justiça, enviada por e-mail, foi parar na caixa de spam. Por esse motivo houve uma demora na redução da tarifa. A passagem que era R$ 3 passou para R$ 1,60.

"A gente só foi descobrir em e-mail, ontem, porque João Pessoa e Maceió identificaram em e-mail e aí foi que a gente foi verificar. Ninguém espera que a gente seja notificado por e-mail, até porque a sentença não fala isso, fala que vai ser notificado in loco. E a gente foi procurar dentro dos e-mails da gente e encontramos dentro do spam", explicou Leonardo.

O novo valor foi confirmado pela assessoria da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) na capital pernambucana, após ter sido estabelecido em decisão judicial proferida pela juíza da 15ª Vara Federal Maria Edna Fagundes Veloso, de Minas Gerais, a suspensão do aumento em Belo Horizonte, Natal, Maceió, João Pessoa e Recife.

Decisão

O aumento na passagem do metrô do Recife, e de outras quatro capitais, que ocorreu em maio deste ano, foi suspenso pela Justiça Federal, em Belo Horizonte, na última sexta-feira (16). A juíza da 15ª Vara Federal Cível, Maria Edna Fagundes Veloso, também fixou multa de R$ 100 mil, caso haja o descumprimento da liminar.

Na decisão, a juíza suspende as resoluções 177, 174, 175, 176 e 179, que aumentaram as passagens em 89%, em Belo Horizonte, em 87,5% em Recife e em 100% em João Pessoa, Natal e Maceió.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias