Acidente

Motorista cai em buraco na PE-15, após alagamentos causados por chuvas

O acidente aconteceu por volta das 2h30 desta quarta-feira (24)

Mayra Cavalcanti
Mayra Cavalcanti
Publicado em 24/07/2019 às 11:56
Notícia
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

O motorista de um carro caiu em um buraco, na madrugada desta quarta-feira (24), na PE-15, próximo à Praça Ilumiara Zumbi, no bairro de Tabajara, em Olinda. O acidente aconteceu por volta das 2h30. De acordo com o condutor do veículo, ele estava voltando de uma consulta médica com sua esposa e filha, quando a correnteza, formada pelo acúmulo de água na pista, arrastou o veículo para dentro do buraco. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

"Infelizmente a quantidade de água era muito grande, não deu para ter noção. Aqui a iluminação é precária. A gente não estava vendo o meio-fio, nem nada e infelizmente a correnteza da água me jogou para esse buraco", conta o porteiro Paulo Roberto Souza, de 51 anos, dono do veículo que se envolveu no acidente. Ele ainda conta que estava retornando de uma consulta médica com sua esposa, que havia feito uma cirurgia.

"Ao cair, a água começou a entrar com correnteza muito forte. Eu dentro do carro sem poder sair. Eu desempregado há dois anos e seis meses. Estou aqui no sacrifício para pagar meu IPVA, para tirar meu ganha pão e acontece uma situação dessa. Não tenho seguro porque estou desempregado, não tenho condições de ter seguro", declara.

Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
O acidente aconteceu próximo à Praça Ilumiara Zumbi - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
O acidente aconteceu próximo à Praça Ilumiara Zumbi - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
O acidente aconteceu próximo à Praça Ilumiara Zumbi - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
O acidente aconteceu próximo à Praça Ilumiara Zumbi - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
 

Chuvas no Grande Recife

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) informou que a precipitação será mantida durante todo o dia em praticamente todo o Estado, com exceção apenas de Fernando de Noronha onde, apesar do tempo nublado, não deve chover. Na Região Metropolitana do Recife (RMR) e na Mata Norte e Sul, a tendência de precipitação é de moderada a forte durante toda a quarta-feira (24). Segundo a Defesa Civil do Recife, apenas na cidade, o acumulado de chuvas foi de mais de 241 mm nos últimos cinco dias, o que equivale a 20 dias da média histórica do período.

Entre as 19h da terça-feira (23) e as 7h desta quarta (24), choveu 245,4 mm em Olinda, de acordo com a Defesa Civil do município. Com isso, Olinda registrou o equivalente a 20 dias de chuva no período. Ao menos 11 pessoas morreram entre a madrugada e manhã desta quarta após deslizamentos de barreira e queda de árvores. Segundo o Corpo de Bombeiros, as mortes ocorreram em Águas Compridas e na Estrada do Passarinho, em Olinda; na Rua Córrego do Curió, no bairro de Dois Unidos, no Recife e no Córrego da Areia, em Caetés, em Abreu e Lima. 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias