Trânsito

Após 141 dias, agentes de trânsito voltam a fiscalizar rodovias de Paulista

Desde o mês de março as rodovias estaduais estavam sem fiscalização

JC Online
JC Online
Publicado em 02/08/2019 às 7:27
Notícia
Foto: Divulgação/Prefeitura do Paulista
Desde o mês de março as rodovias estaduais estavam sem fiscalização - FOTO: Foto: Divulgação/Prefeitura do Paulista
Leitura:

Desde o mês de março sem fiscalização, as rodovias estaduais da cidade de Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), voltaram a contar com agentes de trânsito nessa quinta-feira (1º). O retorno dos profissionais às rodovias, quase cinco meses após a paralisação dos serviços, foi resultado de uma readequação no convênio entre a Secretaria de Mobilidade e Administração das Regionais do Paulista com o Departamento de Estrada de Rodagem (DER-PE). A medida afeta as PEs 001, 15, 18 e 22 e, ao todo, são 40 agentes que atuam nas vias.

Em março, em comunicado interno enviado por um servidor ao Jornal do Commmercio, a prefeitura afirmava que "está suspensa por prazo indeterminado a fiscalização de trânsito nas PE's que circundam o município do Paulista, conforme estipulado no Convênio de Delegação de Competência, em virtude de problemas administrativos e financeiros junto ao DER". No documento ainda havia a exigência de que os agentes entregassem para a prefeitura os talões onde registravam as infrações. De acordo com a Prefeitura, durante os 141 dias que passou sem fiscalização, as rodovias contavam com educadores de trânsito.

Para o retorno, houve a aquisição de três viaturas, 11 motos e um caminhão tipo reboque. Segundo o órgão, em primeiro dia de retorno das fiscalizações, nessa quinta-feira (1º), uma motocicleta e um carro foram apreendidos e encaminhados para o depósito do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). O condutor do carro não havia feito o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e a motorista da moto não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Colisão sem vítimas

A partir dessa quinta, os agentes de trânsito do Paulista que atuam nas rodovias estaduais podem atender os casos de colisões sem vítimas, além de preencherem o Boletim de Ocorrência de Acidente de Trânsito (BOAT), tarefa que antes era atribuída exclusivamente aos policiais do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). Esses profissionais do BPRv continuam responsáveis por atender as casos de colisão com vítima. Também há expectativa de que câmeras de videomonitoramento sejam instaladas nas rodovias.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias