acidente grave

As imagens da colisão entre trens do metrô do Recife

Dois trens colidiram na estação Ipiranga, deixando ao menos 60 pessoas feridas e causando pânico

JC Online
JC Online
Publicado em 18/02/2020 às 7:14
Notícia
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Metroviários argumentam que os problemas no sistema de sinalização são comuns e nada é feito para resolver o problema - FOTO: Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Leitura:

atualizada às 14h35

Uma colisão entre dois trens do metrô do Recife deixou várias pessoas feridas na manhã desta terça-feira (18), na estação Ipiranga, que fica na linha Centro. Por causa do acidente, a Linha Centro do Metrô está paralisada. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu ao menos 37 vítimas, segundo último balanço divulgado. A Secretaria de Saúde do Estado contabilizou 59 vítimas em seus hospitais. outras duas foram socorridas e levadas a hospitais particulares, totalizando 61 pessoas atendidas.

» Colisão entre dois trens causa pânico e deixa feridos na linha Centro do metrô do Recife

» Após colisão entre trens do metrô do Recife, linhas de ônibus da Região Metropolitana são reforçadas

» Após colisão entre trens com vários feridos, relembre os problemas que têm afetado o metrô do Recife

» Saiba quem são os feridos já identificados no acidente do metrô do Recife

Veja imagens da colisão

Foto: Wellington Lima/JC Imagem
A colisão entre dois trens do Metrô do Recife aconteceu na manhã desta terça (18) - Foto: Wellington Lima/JC Imagem
Foto: Wellington Lima/JC Imagem
Estação Ipiranga, onde aconteceu o acidente que deixou mais de 60 feridos nesta terça-feira (18) - Foto: Wellington Lima/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
A colisão entre dois trens do Metrô do Recife aconteceu na manhã desta terça (18) - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
A colisão entre dois trens do Metrô do Recife aconteceu na manhã desta terça-feira (18) - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
A colisão entre dois trens do Metrô do Recife aconteceu na manhã desta terça (18) - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Wellington Lima/JC Imagem
- Foto: Wellington Lima/JC Imagem
Foto: Wellington Lima/JC Imagem
A colisão entre dois trens do Metrô do Recife aconteceu na manhã desta terça (18) - Foto: Wellington Lima/JC Imagem
Foto: Wellington Lima/JC Imagem
- Foto: Wellington Lima/JC Imagem
Foto: Wellington Lima/JC Imagem
A colisão entre dois trens do Metrô do Recife aconteceu na manhã desta terça (18) - Foto: Wellington Lima/JC Imagem
Foto: Wellington Lima/JC Imagem
A colisão entre dois trens do Metrô do Recife aconteceu na manhã desta terça (18) - Foto: Wellington Lima/JC Imagem
Foto: Wellington Lima/JC Imagem
- Foto: Wellington Lima/JC Imagem
Foto: Wellington Lima/JC Imagem
A colisão entre dois trens do Metrô do Recife aconteceu na manhã desta terça (18) - Foto: Wellington Lima/JC Imagem

Secretaria cobra esclarecimentos da CBTU

Por meio do Procon-PE, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) notificou a CBTU ainda na manhã desta terça para que a companhia preste esclarecimentos, no prazo de 24 horas sobre as constantes falhas no serviço oferecido à população. Um processo administrativo também foi instaurado.

De acordo com SJDH, entre os pontos do processo instaurado são exigidas explicações e soluções para as paralisações do transporte metroviário, condições de uso do maquinário, necessidade de manutenção do maquinário, condições de segurança, ineficiência do serviço e planejamento de ações adotadas para melhoria do transporte e da segurança dos usuários.

Ainda segundo a Secretaria, no dia 27 de fevereiro será realizada uma audiência pública na Praça do Arsenal, no Bairro do Recife, às 9h para discutir a situação e necessidade de uma atuação conjunta com todos os órgãos interessados

Paulo Câmara vai cobrar governo federal

O governador Paulo Câmara (PSB) afirmou, na manhã desta terça-feira (18), após participar de uma assembleia na Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), que vai procurar o novo ministro do Desenvolvimento Regional ainda nesta tarde para cobrar um posicionamento da União sobre o acidente ocorrido pela manhã no metrô do Recife. A gestão do metrô pernambucano é feito pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), uma empresa federal. A colisão entre dois dois trens foi registrada na estação Ipiranga da linha centro do modal e deixou aproximadamente 60 pessoas feridas.

"Vou oficiar o ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) solicitando providências urgentes (sobre o acidente). A gente vê claramente a necessidade de manutenção mais adequada e de uma profissionalização da gestão do metrô aqui no Recife. A gente não pode trabalhar com improviso numa ação e num transporte que envolve tantas pessoas. Estamos fazendo um investimento e uma busca muito grandes para melhorar o serviço de ônibus, que é de responsabilidade do Estado, e vamos exigir que o governo federal também cumpra a sua obrigação em relação ao metrô, porque esse é um tema que também envolve mais de um milhão de pessoas diariamente que circulam de ônibus e metrô e precisam ter um tratamento digno por parte dos governantes", afirmou o governador, lembrando que o Procon e a procuradoria do Estado foram autorizados a investigar o caso.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias