Trânsito

Chuva de ventos fortes derruba árvores, e ruas no Grande Recife amanhecem interditadas

A Rua Epaminondas de Melo, no Paissandu, está bloqueada

Mayra Cavalcanti
Mayra Cavalcanti
Publicado em 20/02/2020 às 7:05
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
FOTO: Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Leitura:

As fortes chuvas que caíram na madrugada desta quinta-feira (20), derrubaram diversas árvores na Região Metropolitana do Recife (RMR). A Rua Epaminondas de Melo, no bairro de Paissandu, na área Central do Recife, está interditada. A via dá acesso à Avenida Abdias de Carvalho, próximo ao Colégio GGE e ao cruzamento com a Estácio Coimbra. A fiação elétrica não foi atingida pela planta.

Uma árvore caiu em cima de dois estabelecimentos comerciais na Rua Princesa Isabel, no bairro da Boa Vista, Centro da capital pernambucana. O trânsito não foi afetado. Outra árvore caiu na Rua Odorico Mendes, no bairro de Campo Grande, na Zona Norte do Recife, próximo ao cruzamento com a Estrada de Belém. Como foi de pequeno porte, a árvore também ocupa apenas a calçada, não interferindo no trânsito.

Na Zona Sul do Recife, a Rua General Édson Amâncio Ramalho, no bairro de Boa Viagem, está parcialmente bloqueada também devido à queda de árvore. Outra via interditada é a Rua Pedro Paz Mendonça, no cruzamento com a Rua Dom João VI. A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) e da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) estão no local. 

O Aeroporto do Recife também foi afetado. Por conta dos ventos fortes, de até 60 km/h, alguns voos precisaram ter seu pouso transferido para o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió.

Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Parte da decoração feita para o Carnaval de Olinda 2020 foi derrubada - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
A Prefeitura da cidade, no entanto, garantiu que as bandeirolas serão refeitas - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
A fachada da agência da Caixa Econômica Federal na Avenida Getúlio Vargas, em Olinda, despencou - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
A fachada da agência da Caixa Econômica Federal na Avenida Getúlio Vargas, em Olinda, despencou - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
A Rua Epaminondas de Melo, no Paissandu, está bloqueada após queda de árvore - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
A via dá acesso à Avenida Abdias de Carvalho, próximo ao cruzamento com a Estácio Coimbra - Foto: Bruno Campos/JC Imagem

O que causou a chuva?

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), nos 10 lugares onde mais choveu houve precipitação acima de 30 milímetros entre as 18h30 dessa quarta-feira (19) e as 6h30 desta quinta (20). Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os ventos variaram de 40km/h a 60 km/h no Estado.

Segundo o meteorologista da Apac, Thiago do Vale, as chuvas que caíram em Pernambuco foram acompanhadas de fortes ventos devido à formação de um tipo de nuvens chamado 'cumulonimbus'. "Geralmente quando acontece esse tipo de nuvens, elas vêm associadas à pancadas fortes de chuvas e também com um fenômeno chamado centro de rajada. É esse fenômeno é justamente de onde vêm esse fortes ventos, que não são comuns, pois só existem quando há a ocorrência desse tipo de nuvem", contou.

Segundo a Apac, é comum que uma 'cumulonimbus' apareça todos os dias em algum lugar do país. Ela geralmente está associada a rajadas de vento, raios e trovões, mas geralmente são chuvas rápidas.

Previsão do tempo

A previsão do tempo da Apac para esta quinta-feira (20), é de céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva de forma isolada ao longo do dia com intensidade moderada a forte no Grande Recife. O mesmo vale para em todo o Estado, exceto Fernando de Noronha.

No Arquipélago, o tempo deve variar de parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva em toda a região ao longo do dia com intensidade fraca.

Temperaturas

Região Metropolitana do Recife - Máxima de 32º e mínima de 23º;
Mata Norte - Máxima de 32º e mínima de 22º;
Mata Sul - Máxima de 32º e mínima de 22º;
Agreste - Máxima de 33º e mínima de 19º.

Decoração do Carnaval de Olinda

A elogiada decoração elaborada especialmente para o Carnaval de Olinda 2020 foi derrubada no cruzamento das avenidas Presidente Kennedy e Pan Nordestina, após fortes chuvas atingirem o Grande Recife na noite dessa quarta e madrugada desta quinta-feira (20). Este ano, o tema é "O Carnaval de Olinda é coisa de outro mundo". A ornamentação foi confeccionada por uma equipe que conta com 40 pessoas e a área coberta chega a 3.600 m².

Últimas notícias