CRISE

Olinda reduz serviços de saúde

SPA de Peixinhos não vai mais atender ao público no horário noturno, a partir de outubro

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 10/09/2015 às 7:30
Alexandre Gondim/JC Imagem
SPA de Peixinhos não vai mais atender ao público no horário noturno, a partir de outubro - FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) de Peixinhos, em Olinda, Região Metropolitana do Recife, não vai mais atender no horário noturno a partir do dia 1º de outubro. Segundo a Secretaria de Saúde, a medida é necessária para o município se adequar à Lei de Responsabilidade Fiscal. Em caso de emergência, pacientes terão que se dirigir ao Hospital Tricentenário, no Bairro Novo, ou para a UPA de Olinda, na rodovia PE-15.

“A suspensão do serviço é provisória. Esperamos que essa crise seja superada o mais rápido possível para reabrirmos logo”, declara a secretária de Saúde de Olinda, Tereza Miranda. Ela explica que, antes de suspender o atendimento noturno – que funciona das 19h às 7h da manhã –, a secretaria fez um levantamento e constatou que a maior demanda da unidade é durante o dia. Por isso, o atendimento será mantido no horário das 7h às 19h, de domingo a domingo.

Prevendo que usuários vão comparecer ao SPA à noite, desavisadamente, a Secretaria de Saúde vai manter duas ambulâncias no local para transferir os pacientes de acordo com as necessidades. “Nossa intenção não é acabar com o serviço. Vamos suspender apenas temporariamente até que sejam feitas todas as adequações administrativas e financeiras”, garante Tereza Miranda. A prefeitura lembra que, apesar da crise, inaugurou uma Unidade de Saúde da Família (USF) em Jardim Brasil V e requalificou a USF de Vila Popular, recentemente, ambas na região de Peixinhos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias