Comemorações

Começam neste sábado as homenagens à Nossa Senhora do Carmo

Neste ano é celebrado o centenário de Nossa Senhora do Carmo

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 06/07/2019 às 8:33
Foto: Filipe Jordão/JC Imagem
Neste ano é celebrado o centenário de Nossa Senhora do Carmo - FOTO: Foto: Filipe Jordão/JC Imagem
Leitura:

Começam neste sábado as homenagens à padroeira do Recife, Nossa Senhora do Carmo, que este ano comemora o centenário da coroação canônica da santa como Rainha do Recife e de Pernambuco, devotos já visitam a basílica, no Centro do Recife, desde o início da semana para reverenciar e fazer pedidos. As comemorações seguem até o dia 16, dedicado especialmente à santa, quando sua imagem sai em procissão pelas ruas.

Com o tema “Mãe do Carmelo, há 100 anos Coroada, Te Louvamos!’’, esta será a 323ª edição da festa. Devota da santa há 18 anos, Maria das Graças de Andrade, 65 anos, visita todos os dias a Basílica do Carmo. Integrante da equipe da liturgia, a professora aposentada está empenhada na organização da festa. “Eu chego aqui às 7h e saio por volta das 16h. Sempre fico muito feliz em participar da festa e agradecer pelas bênçãos que alcancei. Há muito tempo eu estive doente, estava desacreditada, e ela me concedeu uma graça. Agora, todos os dias agradeço a Nossa Senhora do Carmo pela minha vida”, conta.

Com o início do novenário, o dia deve ser de igreja lotada. A tendência é que a partir deste sábado, o número de fiéis participando das celebrações e visitando a basílica aumente. “Em julho, quanto mais próximos ficamos das festas, mais gente vem nos visitar. É um período especial. A expectativa é de que cerca de 300 mil pessoas participem”, pontua o reitor da basílica, frei Rosenildo Alexandre. Tendas para as barracas e a estrutura dos shows, que começam no dia 13, já estão sendo montadas no Pátio do Carmo.

Para fugir da multidão que participa da procissão da santa, a aposentada Maria de Fátima Santos prefere visitar a igreja nos primeiros dias de festa. A ida já se tornou tradição há pelo menos cinco anos. “Todos os anos eu estou aqui, geralmente nos primeiros dias que são mais tranquilos. Sou devota e sempre venho agradecer por tudo o que ela faz por mim. Este ano, além de agradecer, também vim pedir.”

Parte da Avenida Dantas Barreto, onde fica a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, foi interditada pela Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) desde a última quinta-feira. Vinte e seis linhas de ônibus que passam pelo local tiveram seu itinerário modificado nessa sexta-feira. A via só será liberada após o fim da festa. A interdição ocorre na pista oeste da Dantas Barreto e vai da Avenida Nossa Senhora do Carmo à Rua Tobias Barreto. Por causa disso, duas paradas provisórias serão instaladas no canteiro central da avenida.

A campanha de arrecadação de doações para a troca dos sinos da torre sineira continua. Uma rifa está sendo vendida na igreja no valor de R$ 10, sorteando um carro. Também podem ser feitas doações por depósito bancário. (Banco do Brasil, agência 1850-3, conta corrente 14.273-5, CNPJ 10.946.424/0004-40).

Últimas notícias