Protesto

Menino morre após esperar ambulância e população de Serrambi se revolta

Jonatas de Melo sofreu uma descarga elétrica e foi levado ao PSF. Não chegou a ser transferido para hospital por causa da demora da ambulância

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 27/06/2012 às 19:09
Leitura:

Moradores de Serrambi, no município de Ipojuca, Região Metropolitana do Recife, estão revoltados com a morte de uma criança de 3 anos, nesta quarta (27), na maca de um posto de saúde. A mãe teria procurado socorro para o filho, Jonatas Vasconcelos Barbosa de Melo, vítima de choque elétrico, mas não conseguiu atendimento no Posto de Saúde da Família (PSF). A população, em protesto, chegou a queimar uma ambulância, nas margens da PE-51.

Jonatas de Melo sofreu uma descarga elétrica em casa e os pais, Daniela Rafela e Josias Vasconcelos, levaram o menino ao posto médico de Serrambi. Ao chegarem no local, não havia ambulância para fazer a transferência para o Hospital de Camela, distrito de Ipojuca.

Com a demora para a remoção acontecer, a criança foi a óbito. A comunidade ficou indignada quando a ambulância chegou e apedrejou o veículo, cortou os pneus e tentou atear fogo, porém foram impedidos pela polícia. os manifestante chegaram a bloquear a rodovia estadual, mas que foi desbloqueada pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias