interior

Agricultor é preso tentando repassar R$ 3,8 mil em notas falsas em Catende

Conforme informações da PF, Bruno já foi preso em janeiro deste ano por agressão, ameaça e resistência à prisão

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 26/12/2013 às 8:44
Foto: Divulgação/PF
Conforme informações da PF, Bruno já foi preso em janeiro deste ano por agressão, ameaça e resistência à prisão - FOTO: Foto: Divulgação/PF
Leitura:

A Polícia Federal prendeu o agricultor Bruno Ferreira da Silva, de 34 anos, quando tentava repassar notas falsas num bar, na cidade de Catende, na Zona da Mata pernambucana. O suspeito foi preso em flagrante na noite da última quarta-feira (25), no bar Baluca, portando a quantia de R$ 3,8 mil em notas de R$ 100. Conforme informações da PF, Bruno já foi preso em janeiro deste ano por agressão, ameaça e resistência à prisão.

Policiais militares receberam informações sobre o suspeito e foram até o bar, na noite de Natal, para realizar a prisão. Uma garçonete apontou o Bruno, quando ele tentava sair do local. Após ser realizada a revista, foram encontradas 38 notas de R$ 100, totalizando R$ 3,8 mil. Ele foi levado para a Superintendência Regional da Polícia Federal em Recife.  Em seguida foi encaminhado para o Cotel, onde ficará à disposição da Justiça Federal.

DICAS DE SEGURANÇA PARA EVITAR O RECEBIMENTO DE NOTAS FALSAS:

1.NÃO TENHA PRESSA NO ATENDIMENTO: Geralmente essas notas são passadas em locais de grande concentração de pessoas, como feiras, lojas, supermercados, comércio ambulante. Muitas vezes a pressa do comerciante para atender um maior número de clientes faz com que ele não tome o devido cuidado em verificar a nota que está recebendo. 

2. OBSERVE A TEXTURA DA NOTA: Outra cautela que pode ser tomada é reparar na textura do papel das notas que estão sendo recebidas. As notas falsas tendem a ser lisas, enquanto as notas verdadeiras são ásperas e possuem um alto relevo e saliência nos itens de segurança que pode ser percebido pelo tato.

3. VERIFIQUE A MARCA DÁGUA COLOCANDO A NOTA CONTRA A LUZ.

4. OBSERVE A IMPRESSÃO DA NOTA: Nas cédulas legítimas, as tonalidades de cores são firmes – as notas falsas têm cores com pouca nitidez e geralmente há borramento das cores.

5. PRESTE ATENÇÃO NO REGISTRO COINCIDENTE: Os falsários têm grande dificuldade em reproduzir o chamado registro coincidente. Esse símbolo é desenhado dos dois lados e, visto contra a luz, as figuras das duas faces coincidem. 

6. DESCONFIE DO FIO DE SEGURANÇA NÍTIDO DEMAIS.

7. NO CASO DE DÚVIDA, COMPARE A NOTA SUSPEITA COM UMA NOTA VERDADEIRA. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias