MUNIÇÃO

Campanha do desarmamento recebe mais uma granada de morteiro

Artefato foi entregue por um homem à Polícia Federal neste domingo (16)

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 16/03/2014 às 10:23
Foto: Divulgação/PF
Artefato foi entregue por um homem à Polícia Federal neste domingo (16) - FOTO: Foto: Divulgação/PF
Leitura:

Mais uma granada de morteiro foi entregue, por meio da campanha do desarmamento, à Polícia Federal, totalizando o recebimento de onze munições deste tipo. De uso exclusivo das forças armadas e de calibre proibido, a munição foi entregue neste domingo (16).

O artefato foi levado à polícia por um homem que preferiu não ser identificado nem dar detalhes sobre a entrega. Ele resolveu entregar a granada após ver reportagem na televisão que informava sobre o risco de explosão do objeto.

Mesmo antiga, a granada ainda oferecia riscos de detonação. De acordo com a PF, é possível que haja em seu interior uma substância explosiva que, em contato com o calor ou impacto forte, pode explodir a munição. O artefato será analisado por peritos criminais federais do esquadrão antibombas da Polícia Federal e em seguida será enviada para o Exército afim de que seja providenciada a sua respectiva destruição.  

A granada, por ser munição, não gera nenhum tipo de indenização - diferente das armas entregues voluntariamente, que geram recompensa variáveis entre R$150 e R$450 reais - e os responsáveis recebem um comprovante de entrega. A identidade dos colaboradores é mantida em anonimato devido a política estabelecida pela campanha.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias