Crime

Polícia prende 19 envolvidos em homicídio, tráfico e roubo em Paulista

Operação contribui para a prevenção e a repressão da criminalidade na região, diz delegado

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 10/04/2015 às 10:48
Foto: Valéria Oliveira/ JC
Operação contribui para a prevenção e a repressão da criminalidade na região, diz delegado - FOTO: Foto: Valéria Oliveira/ JC
Leitura:

Atualizada às 12h27

A Polícia Civil de Pernambuco desarticulou duas organizações criminosas acusadas de tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubo e homicídio na cidade de Paulista, na Região Metropolitana do Recife. Ao todo, 19 pessoas foram presas durante a Operação Coliseu, deflagrada na manhã da quinta-feira (9). Três das pessoas detidas já estavam no sistema prisional. A operação foi coordenada pela Diretoria Integrada Metropolitana da Polícia Civil.

Segundo o delegado Ivaldo Pereira, responsável pelas investigações, os dois grupos criminosos disputavam o controle do tráfico na localidade, sendo um deles chefiado de dentro de uma das unidades do Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife. Ainda segundo o delegado, os presos são responsáveis por pelo menos 11 homicídios consumados em Paulista e região. "Esse é o número que temos conhecimento, mas podem haver outros", explicou Pereira.

As investigações do caso tiveram início em agosto de 2014. Um total de 50 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, participaram da operação. Eles apreenderam quatro pistolas, sendo uma nove milímetros e três calibre ponto 40, um colete balístico, uma quantia em dinheiro e uma espada ninja, além de drogas e cerca de 100 munições intactas.

Para o  delegado Joselito Kehrle do Amaral, titular da Diretoria Integrada Metropolitana, a Operação contribui para a prevenção e a repressão da criminalidade na região. "Esperamos ter uma queda no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) no município de Paulista", contou o delegado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias