Violência

Operação desarticula quadrilha comandada de dentro da Penitenciária Barreto Campelo

Grupo atuava no tráfico de drogas e homicídios

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 01/07/2015 às 12:00
Foto: Acervo/ JC Imagem
Grupo atuava no tráfico de drogas e homicídios - FOTO: Foto: Acervo/ JC Imagem
Leitura:

A Operação Ilha, desencadeada nessa terça-feira (30), desarticulou uma quadrilha que atuava no tráfico de drogas e homicídios no município de Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife. O grupo era comandado de dentro da penitenciária Barreto Campelo, também em Itamaracá. A Polícia Civil prendeu sete suspeitos, sendo quatro prisões temporárias e três flagrante. Foram cumpridos ainda quatro mandados de busca e apreensão domiciliar.

O detento Anderson Correia da Silva comandava diretamente três pessoas responsáveis por distribuir as drogas e cometer suicídios. "Na ausência do presidiário Dando, o irmão dele também organizava as ação", explica a Delegada Lídia Maria Barci, responsável pelas investigações, que foram iniciadas há nove meses pela 8ª Delegacia de Polícia de Homicídios.

Foram apreendidos revólveres, munições, maconha, pasta base de cocaína, balança de precisão, além de luvas e tesouras. Ao todo, participam da operação 40 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A Operação Ilha é a 17ª Operação de Repressão Qualificada realizada pela Polícia Civil do Estado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias