Violência

Criança está em estado grave após ser atingida por bala perdida no Recife

Menino brincava na rua quando um tiroteio começou. Outras quatro pessoas foram baleadas e uma delas morreu

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 26/01/2017 às 23:05
Foto: Guga Matos/ JC Imagem
Menino brincava na rua quando um tiroteio começou. Outras quatro pessoas foram baleadas e uma delas morreu - Foto: Guga Matos/ JC Imagem
Leitura:

Um menino de 9 anos deu entrada em estado grave no Hospital da Restauração (HR), no Derby, bairro da área central do Recife, após ser atingido por uma bala perdida durante tiroteio registrado na comunidade Salinas, na Imbiribeira, Zona Sul da capital. Outras três pessoas foram baleadas na investida - que ocorreu por volta das 19h desta quinta-feira (26) - e uma delas morreu, Eduardo dos Santos Félix, de 24 anos.

Segundo a mãe da criança, que não quis se identificar, ela estava com o filho na Rua Nossa Senhora do Carmo quando um veículo se aproximou e pessoas que estavam em seu interior começaram a atirar. "Eu não sei o que houve, foi tudo muito rápido. Meu filho estava brincando na rua com outras crianças e, de repente, aconteceu isso. Quando eu peguei na mão dele, ele correu para um beco e eu corri para casa. Quando percebi, ele já estava baleado. Foi muita bala", narrou a mulher.

Os demais feridos, Josinaldo João da Silva, 28, e Valéria Furtado dos Santos Silva, de cerca de 40 anos, foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira. Não há informações sobre o estado de saúde deles. O caso foi registrado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

"Parecia filme de terror"

"Foi uma agonia, parecia filme de terror", afirmou a mãe da criança. A mulher disse ainda que espera que seu filho se recupere e que a justiça seja feita. "Temos que esperar agora pela misericórdia de Deus. Do futuro, espero só justiça. A de Deus, pois a lei dos homens não funciona. Prende hoje, daqui a pouco tá solto de novo e quem paga são os inocentes", lamentou, enquanto comentava que situações como a desta noite costumam acontecer com frequência na comunidade em que mora.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias