GRANDE RECIFE

Quadrilha explode agência bancária em Itamaracá e foge em embarcação

De acordo com o 17º Batalhão da Polícia Militar, a ação deixou feridos, que foram levados para o Hospital Miguel Arraes

JC Online
JC Online
Publicado em 01/08/2017 às 6:07
Foto: Divulgação
FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Atualizada às 9h17

Uma quadrilha explodiu o cofre de uma agência da Caixa Econômica Federal em Itamaracá, no Grande Recife, por volta das 2h desta terça-feira (1º), e fugiu em uma embarcação após a investida. De acordo com o 17º Batalhão da Polícia Militar, a ação deixou feridos, que foram levados para o Hospital Miguel Arraes, em Paulista.

Para dificultar a perseguição policial, os suspeitos usaram uma motosserra para cortar árvores e colocar nas vias de acesso ao município e também espalharam grampos. Além disso, eles atiraram contra o prédio da Prefeitura de Itamaracá, a delegacia da cidade e viaturas da polícia. A agência da Caixa ficou completamente destruída, conforme pode ser visto no vídeo abaixo enviado pela Polícia Federal.

Em um vídeo enviado à TV Jornal, é possível ver carros queimando na areia da praia.

Feridos na ação contra o banco

O policial aposentado Edson Nunes, 47 anos, que trabalha como guarda municipal, foi baleado no ombro e deve passar por cirurgia. A outra vítima, a socorrista Ana Maria Lima, 35, foi atingida no joelho no momento em que o grupo sequestrou a ambulância em que ela estava, mas passa bem. O veículo foi utilizado para bloquear uma estrada.

Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação

De acordo com o delegado Luiz Andrey, Diretor Integrado das Delegacias Especializadas, apesar da investigação do caso ser de responsabilidade da Polícia Federal, "a Polícia Civil e a Polícia Militar estão ajudando também na parte investigativa operacional para colher informações do que aconteceu nesta terça-feira."

Outros casos

Na cidade de Flores, no Sertão do Estado, suspeitos explodiram um caixa eletrônico de uma agência do Banco do Brasil, por volta das 2h30 desta terça-feira (1º).

No mês de maio deste ano, cerca de 20 suspeitos de investidas contra o Banco do Brasil e o Bradesco no município de Tamandaré, no Litoral Sul, também fugiram em embarcações após a ação.

Últimas notícias