ASSALTOS

Dupla é presa suspeita de cometer assaltos do tipo 'Saidinha de Banco'

De acordo com a Polícia, os homens fazem parte de uma quadrilha especializada nesse tipo de assalto. Outras três pessoas estariam envolvidas

Julia Aguilera
Julia Aguilera
Publicado em 29/01/2018 às 12:39
Foto: Divulgação/Polícia Civil
De acordo com a Polícia, os homens fazem parte de uma quadrilha especializada nesse tipo de assalto. Outras três pessoas estariam envolvidas - FOTO: Foto: Divulgação/Polícia Civil
Leitura:

Dois homens, identificados como Rafael Pereira Damasceno e Elenilson Pereira, foram presos suspeitos de fazer parte de uma quadrilha que roubava instituições bancárias e cometia assaltos do tipo ‘Saidinha de Banco’, nessa sexta-feira (26). De acordo com o delegado João Gustavo Godoy, a quadrilha era formada por cinco integrantes. Os outros três já foram identificados e devem ser presos preventivamente.

Segundo o delegado, foi identificado que o grupo deve ter envolvimento com pelo menos 15 ocorrências registradas. “A gente acredita que entre 15 e 20 assaltos, com B.Os registrados, com o mesmo modus operandi e as pessoas fisionomicamente iguais as pessoas que foram presas”, comenta.

A Polícia Civil foi até os locais em que o índice de assaltos dessa modalidade era maior e conseguiu deter os dois suspeitos. No momento da abordagem, os homens estavam com um revólver calibre 38 e uma moto. Durante uma vistoria na residência deles, os policiais encontraram mais duas pistolas .40, uma delas com o registro da Polícia Militar do Pará.

Dos cinco integrantes da quadrilha, quatro vieram do Estado do Pará apenas para cometer os crimes. Os outros três suspeitos que continuam soltos já foram identificados e devem ser presos preventivamente.

A dupla foi autuada por tentativa de roubo, organização criminosa armada, posse de arma de uso restrito e receptação e adulteração de identificador de veículo.

Imagens de câmeras de seguranças registraram a atuação dos suspeitos em algumas ocasiões. A Polícia espera que, com a ajuda delas, outras vítimas possam reconhecer a dupla e ajudar nas investigações.

Ocorrências

No início de janeiro, um cliente foi baleado ao sair de uma agência do Banco Santander, na Praça do Entroncamento, no bairro das Graças. Segundo o delegado João Gustavo Godoy, a bala que atingiu a perna da vítima era compatível com as pistolas encontradas com a dupla.

Na ocasião, os suspeitos conseguiram fugir do local levando o dinheiro. 

Saidinhas de Banco

Nessa modalidade de investida, um criminoso fica dentro da agência bancária observando os clientes que sairão com dinheiro. Em seguida, entra em contato com outros criminosos que estão do lado de fora do banco e informa as características físicas e as roupas da possível vítima.

De acordo com o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, até o momento, em Pernambuco foram registradas duas ocorrências desse tipo. Durante todo o ano de 2017, foram 12.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias