TRAGÉDIA

Perito morto em voo trabalhou em acidente de Eduardo Campos e Zawascki

O perito André Gustavo foi morto durante um voo de asa-delta nessa segunda-feira

JC Online
JC Online
Publicado em 18/07/2018 às 18:14
Foto: Cortesia
O perito André Gustavo foi morto durante um voo de asa-delta nessa segunda-feira - FOTO: Foto: Cortesia
Leitura:

O perito criminal federal André Gustavo de Figueiredo Melo, de 49 anos, trabalhou em grandes casos, como os do ex-governador Eduardo Campos e do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki. Ele foi morto durante um voo de asa-delta nessa segunda-feira (16). Segundo o integrante da Associação Nacional de Peritos da Polícia Federal, José Veríssimo, André tinha grande experiência em acidentes aéreos. "Devido a experiência em engenharia aerodinâmica, jamais esperaríamos um acidente desses com ele", lamenta.

André foi enterrado nesta quarta-feira (18) no cemitério Morada da Paz, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. Familiares e amigos foram até o local para homenagear o perito. Ele sobrevoava a região do Sítio Pororoca, no município de Riacho das Almas, no Agreste do Estado, quando caiu. O profissional chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no local da queda. A Polícia Civil ainda investiga o caso, buscando as causas do acidente.

A investigação

Segundo a delegada responsável pelo caso, Sara Gouveia, os primeiros passos para identificar o que teria ocorrido já foram dados. "Através da perícia, tudo indica que houve um acidente por causa de uma falha no equipamento", explicou.

Últimas notícias