Violência

Pastora é assassinada a tiros no Ipsep

A mulher de 42 anos foi atingida por três tiros nas proximidades da casa de uma amiga

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 07/08/2018 às 3:31
Foto: Edson Araújo/TV Jornal
A mulher de 42 anos foi atingida por três tiros nas proximidades da casa de uma amiga - FOTO: Foto: Edson Araújo/TV Jornal
Leitura:

Uma pastora foi morta dentro do próprio carro, na noite dessa segunda-feira (6), no Ipsep, Zona Sul do Recife. Josefa Maria da Silva, 42 anos, foi atingida por tiros perto da casa de uma amiga, de 22 anos. A jovem, que está grávida e não teve a identidade revelada, aponta um ex-namorado seu como autor dos disparos contra a evangélica.

De acordo com informações repassadas pela polícia à TV Jornal, Josefa morava em João Pessoa e era pastora da Igreja Rompendo em Fé, com sede em Boa Viagem, também na Zona Sul da cidade. Após o culto dessa segunda (6), ela e a amiga, grávida de três meses, foram deixar o baterista da igreja em Nova Descoberta, Zona Norte do Recife. O crime aconteceu quando as duas voltaram para a Zona Sul. Como mora em outro estado, a pastora dormiria na casa da amiga, no Ipsep.

O crime

Josefa estava na Avenida Presidente Kennedy, nas proximidades da casa da amiga, no momento em que foi assassinada com três tiros na cabeça. A jovem já havia entrado na residência quando ouviu o barulho dos tiros. Ao voltar para o carro, ela encontrou a pastora já morta e viu um homem entrando em um carro preto.

Suspeito

A amiga indicou um ex-namorado seu, que também possui um carro preto, como autor dos disparos contra a pastora. A Polícia Militar localizou o homem, um microempresário da área de alimentação, no Cordeiro. Ele negou ter participado do crime e foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no mesmo bairro. Na madrugada desta terça-feira (7), o suspeito estava sendo ouvido pela delegada Ana Luiza no local.

 

Últimas notícias