CRIMES CIBERNÉTICOS

Polícia Federal dá dicas em como se proteger de golpes na internet

Uma das dicas do chefe de comunicação da PF, Giovani Santoro, é não adicionar estranhos nas redes sociais

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 05/02/2019 às 21:45
Foto: Reprodução/ TV Jornal
Uma das dicas do chefe de comunicação da PF, Giovani Santoro, é não adicionar estranhos nas redes sociais - FOTO: Foto: Reprodução/ TV Jornal
Leitura:

O chefe de comunicação da Polícia Federal (PF), Giovani Santoro, conversou com a TV Jornal para dar dicas de como a pessoa pode se proteger de possíveis golpes na internet. Um dos principais alvos dos criminosos são as crianças e, por isso, Santoro disse que é necessário que os pais sempre conversem com os seus filhos e expliquem de forma simples e lúdica como esses crimes acontecem. 

"Os principais crimes são os financeiros, os crimes que atentam a honra da pessoa, ou seja, difamação, calúnia e injúria; e também os crimes que expõem a privacidade", afirmou o chefe de comunicação da PF. Uma dos meios para se proteger dos crimes, segundo Santoro, é não adicionar estranhos nos perfis nas redes sociais.

Confira as dicas

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias