NOVA DESCOBERTA

Homem joga ácido sulfúrico no rosto de ex-esposa na Zona Norte

Segundo a irmã da vítima, 'estava saindo fogo do rosto dela' após o ataque

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 05/07/2019 às 10:03
Notícia
Foto: Bruno Campos/TV Jornal
Segundo a irmã da vítima, 'estava saindo fogo do rosto dela' após o ataque - FOTO: Foto: Bruno Campos/TV Jornal
Leitura:

Um homem jogou ácido sulfúrico no rosto da ex-esposa no bairro de Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife, na noite dessa quinta-feira (4). De acordo com familiares da mulher, o casal se separou há cerca de três meses, mas o homem não aceita o fim do relacionamento.

Segundo a irmã da vítima, que não quis ser identificada, o crime aconteceu depois que a mulher largou do trabalho. Ela subia uma escadaria, para ir a casa da mãe, quando foi abordada pelo suspeito, que, com a ajuda de um amigo, jogou cáustica no rosto da ex-esposa, com quem tem um filho de dois anos. "Todo mundo que estava na escadaria foi ajudar ela. Botaram água, porque disseram que estava saindo fogo do rosto dela.”

Histórico de agressões

A irmã da vítima conta também que o suspeito, que tem 30 anos, sempre batia na esposa,  além de submeter o filho a maus-tratos. “Ela chegava em casa com marcas. Ela já chegou com queimaduras. Passou-se um tempo, ela engravidou. E era espancada também. Quando meu sobrinho nasceu, ele prendeu meu sobrinho dentro do quarto, de camisa, com o ar-condicionado ligado, e chorando. Ele havia proibido minha irmã de pegar meu sobrinho, porque ela iria embora de casa com ele”, contou.

A Justiça já tinha determinado uma medida protetiva contra o suspeito, mas, por várias vezes, ele teria descumprido a ordem judicial. “Ela foi em delegacia e nada mudou. Os policiais não fizeram nada, ninguém fez nada para mudar alguma coisa. Ela foi na Delegacia da Mulher e nada. Só com medida [protetiva], mas ninguém prende ele. Eu quero que ele seja preso, porque o que ele fez foi uma crueldade. Minha irmã é capaz de ficar cega por conta dele”, falou a irmã da vítima. 

Estado gravíssimo

A mulher está internada no Hospital da Restauração e o estado de saúde dela é considerado gravíssimo. O suspeito e seu amigo conseguiram fugir.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias