Tráfico

PF extradita suspeito de atuar em tráfico de drogas no Aeroporto dos Guararapes

Suspeito saiu do Brasil no dia 27 de janeiro de 2018 e não havia retornado

JC Online
JC Online
Publicado em 25/08/2019 às 10:18
ABR
Suspeito saiu do Brasil no dia 27 de janeiro de 2018 e não havia retornado - FOTO: ABR
Leitura:

Suspeito de enviar "mulas" brasileiras para Portugal, tinha célula localizada no Recife e foi preso pela Polícia Federal em Pernambuco, através da Delegacia de Repressão a Drogas e pela Interpol. O brasileiro de 22 anos é acusado de ser um dos membros-líder de uma organização criminosa internacional e de aliciar jovens para enviar frequentemente cocaína para a Europa. De acordo com a PF, os jovens recebiam proposta de lucro fácil e viagens para países e cidades da Europa, como Lisboa, Madrid e Paris. 

O homem foi identificado co mo Maique Inhanque e é natural de Venecia(ES). A prisão aconteceu em 21 de janeiro deste ano. Ainda segundo informações divulgadas pela PF, o homem foi preso após o prosseguimento das investigações de tráfico internacional de entorpecentes no Aeroporto dos Guararapes, de dois casos distintos. Nestes casos, três pessoas foram detidas transportando 36 KG de cocaína, nos dias 7 de dezembro do ano passado e 17 de abril deste ano. Após o avanço das investigações, a Justiça Federal deferiu o pedido de prisão preventiva. 

Pena

Maique foi preso e entregue pelas autoridades portuguesas, tendo desembarcado no Recife às 22h30 da última quinta-feira (22). Após a chegada na Capital Pernambucana, o homem fica a disposição da Justiça Brasileira. Caso o suspeito seja condenado, as penas podem variar de 5 a 20 anos de reclusão. 

Últimas notícias