ESTADO DE SAÚDE

Jovem baleado após briga na praia de Boa Viagem está estável, diz HR

A vítima ficou ferida depois de uma discussão que terminou com a morte de seu pai, na tarde desse domingo (8)

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 09/12/2019 às 8:02
Notícia
Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
A vítima ficou ferida depois de uma discussão que terminou com a morte de seu pai, na tarde desse domingo (8) - FOTO: Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Leitura:

O jovem que foi baleado no tronco após uma discussão por causa de um copo de bebida na praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, está estável, segundo a assessoria do Hospital da Restauração (HR), localizado no bairro do Derby, área central do Recife. Keven Lucas da Silva, 19 anos, ficou ferido após briga que terminou com a morte de seu pai, na tarde desse domingo (8).

De acordo com a assessoria da unidade de saúde, o jovem passou por cirurgia ainda no domingo e está na sala de recuperação do hospital.

Relembre o caso

Por volta das 14h deste domingo (8), Eduardo Sebastião da Silva, 49 anos, foi morto com um tiro nas costas. O filho dele, Keven Lucas da Silva, 19, foi baleado no tronco e encaminhado ao Hospital da Restauração, no bairro do Derby, área central da capital pernambucana.

A dupla teria sido vítima dos disparos de um homem, de identidade ainda não divulgada, após uma discussão envolvendo a Eduardo e a esposa do atirador. De acordo com a Polícia Civil, testemunhas contaram que a mulher bateu no copo de bebida da vítima. Ao ser cobrada pela bebida houve discussão e ela disse que buscaria o dinheiro para reparar o prejuízo. Ao retornar, a mulher chegou acompanhada por dois homens, um deles seria seu marido e um outro que havia se identificado como policial..

Depois de cobrar satisfações à vítima pela discussão com a mulher, houve luta corporal, e o homem que estava armado disparou diversas vezes contra Eduardo Sebastião. Houve correria e ele foi atingido nas costas. O filho dele, Keven Lucas, ficou ferido e foi submetido a uma cirurgia. Eduardo ainda permaneceu lúcida por cerca de 15 minutos, enquanto aguardava o socorro, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local.

O delegado Adyr de Almeida, do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), registou o caso. Ele chegou a ir ao HR para colher depoimento da segunda vítima, mas o jovem já estava na sala de cirurgia. Não havia familiares na unidade de saúde.

Familiares chocados com crime

O crime aconteceu em plena luz do dia, na altura da Pracinha de Boa Viagem. As vítimas são moradoras do bairro do Jordão, Zona Sul do Recife. De acordo com o irmão de Eduardo, que preferiu não ter o nome divulgado, estavam todos em família, curtindo um domingo de sol. "Ainda não caiu a ficha. Por causa de uma coisa tão banal tudo isso aconteceu. Ele era o irmão mais novo e deixou quatro filhos, um deles esse que foi baleado", desabafou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias