saúde em alerta

Dráuzio Varella vem ao Recife para acompanhar combate ao Aedes

O médico, que protagoniza a campanha publicitária do Estado, se reúne nesta segunda (14) com o governador Paulo Câmara

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 14/12/2015 às 7:00
Reprodução
O médico, que protagoniza a campanha publicitária do Estado, se reúne nesta segunda (14) com o governador Paulo Câmara - FOTO: Reprodução
Leitura:

Até esta terça (15), o médico e escritor paulista Dráuzio Varella está no Recife para acompanhar de perto as ações do Estado no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da chicungunha e da zika. A agenda de Varella começa nesta segunda (14), às 16h, em um encontro com o governado de Pernambuco, Paulo Câmara, e outras autoridades, no Palácio do Campo das Princesas, no Centro da cidade.

Dráuzio Varella foi escolhido para protagonizar a campanha publicitária do governo estadual, lançada no último dia 6, que convoca a população para aderir à força-tarefa de enfrentamento ao Aedes. Em spot de rádio e vídeo institucional veiculado na internet e na TV, o médico alerta os pernambucanos sobre a situação atual da saúde no País com relação às doenças causadas pelo mosquito e explica a importância dos cidadãos na guerra ao Aedes. 

“Há muitos anos convivemos com o mosquito da dengue. Mas agora a realidade é outra. Além da dengue, temos casos de zika e chicungunha. Enfermidades graves, capazes de provocar danos permanentes e até a morte”, diz Varella na campanha. O médico é uma referência em sua profissão, envolvido especialmente com o setor de vigilância epidemiológica, chegando a atuar em 1989 num trabalho de pesquisa sobre a prevalência do vírus HIV na população carcerária da extinta Casa de Detenção do Carandiru, em São Paulo.

Segundo o secretário-executivo de Comunicação Governamental, Evaristo Filho, Varella se colocou à disposição do Estado para acompanhar os trabalhos de combate ao mosquito. A agenda dele, após a reunião de hoje à tarde, está dedicada a isso. 

“Desde que gravamos a campanha em São Paulo, Dráuzio Varella se mostrou bem preocupado com a situação e se colocou à disposição para vir a Pernambuco. Ele vem como uma pessoa interessada em saúde púbica. Ele acha que é um tema novo e desafiador”, diz Evaristo Filho. 

Nesta segunda (14) a Fundação Altino Ventura (FAV) vai fazer um mutirão de atendimento com os recém-nascidos que têm microcefalia. Os médicos vão avaliar a saúde visual dos bebês e o nível de comprometimento visual em consequência da anomalia. O atendimento gratuito acontece a partir das 7h, na unidade da Boa Vista, área central do Recife. 

Últimas notícias