Dança

Tadashi Endo apresenta no Recife espetáculo sobre acidente nuclear de Fukushima

A peça tem sessões de quarta (7) até domingo (10), sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 (meia).

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 05/01/2015 às 22:52
Maciej Rusinek/Divulgação
A peça tem sessões de quarta (7) até domingo (10), sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 (meia). - FOTO: Maciej Rusinek/Divulgação
Leitura:

Começam a ser vendidos ao meio-dia desta terça-feira (6) os ingressos para a apresentação do bailarino e ator japonês Tadashi Endo, que encena na Caixa Cultura o espetáculo Fukushima Mon Amour. A peça tem sessões de quarta (7) até domingo (10), sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 (meia). Em 2013, o artista trouxe ao Recife IKIRU – Um Réquiem para Pina Bausch, com plateia lotada em todas as noites.

“Não danço para ser feliz. Não gosto de dança bonita, gosto de dor”, diz o bailarino que já está na capital pernambucana. A dança de Tadashi expressa a tensão entre ying e yang, masculino e feminino, e o movimento eterno entre ambos. A base de sua técnica é o Butoh-Ma - o estar entre, com a qual, através de um mínimo de movimento, ele alcança o máximo de tensões, sensações e emoções, e, dessa forma, seu trabalho consegue ser uma síntese entre teatro, performance, improvisação e dança. 

Em Fukushima Mon Amour, Tadashi dança a dor da tragédia e a esperança da reconstrução, celebra o poder da natureza e questiona a relação do homem com a preservação da vida.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias