INÉDITAS

Novas obras de Pragana são expostas na Arte Plural

Na mostra individual "Aglutinar", o artista plástico apresenta uma série feita com colagem e tinta

Eugênia Bezerra
Eugênia Bezerra
Publicado em 09/07/2013 às 6:00
Leitura:

A origem das 15 obras que o artista plástico Pragana mostra na Arte Plural Galeria, a partir desta teça-feira (9/7), está em uma série de composições que ele começou a fazer há alguns anos com o papel de revistas rasgadas. As obras que formam a exposição Aglutinar, a ser inaugurada às 19h, também são feitas com papel, mas possuem diferenças em relação às anteriores no material escolhido, no processo e nas dimensões, por exemplo.

Pragana fotografava as composições do primeiro grupo e colocava as imagens na internet (www.instagram.com/pragana). "A composição em papel ia para o lixo e o registro ficava. Fiz 500 fotografias. Com o papel você pode brincar infinitamente, é um campo muito grande a ser explorado", resume o artista.

Ele gostou do resultado destas pequenas composições e, ao continuar a desenvolver a experiência, trouxe a pintura para o conjunto. Nas novas obras, Pragana pinta sobre um papel italiano (muito mais durável que os de revista) com tinta acrílica. Usa muitos tons fortes de azul, verde, amarelo e roxo, entre outros.

Depois, o artista rasga ou recorta o papel e cria as composições (ele usa a tesoura apenas em dois trabalhos mais recentes). As sobreposições e os pedaços sem tinta criam texturas, linhas e sombras.

O texto completo está no Caderno C desta terça-feira (9/7), no Jornal do Commercio.

Últimas notícias