Cinema

Morre ator americano Robin Williams

Polícia suspeita que ator tenha cometido suicídio

Da AFP
Da AFP
Publicado em 11/08/2014 às 20:20
Leitura:

Atualizada às 22h50

O ator americano Robin Williams, um dos mais brilhantes de sua geração - premiado com um Oscar por "Gênio Indomável"-, foi encontrado morto em sua casa, aparentemente depois de cometer suicídio, anunciou a polícia nesta segunda-feira.

Em um comunicado, a Polícia de Marin County, na Califórnia (sudeste dos Estados Unidos), explicou que um "sujeito masculino foi declarado morto às 12h02, identificado como Robin McLaurin Williams, de 63 anos, residente em Tiburon, na Califórnia" e que a causa suspeita da morte seria "um suicídio por asfixia".

Infográfico

Filmes com Robin Williams

Uma investigação está "em andamento sobre as causas e as circunstâncias da morte", indica o comunicado da polícia, acrescentando que o comediante foi visto com vida pela última vez em sua casa, onde vivia com a esposa, no domingo "por volta das 22h".

A agente do ator disse que Robin lutava contra a depressão. "Robin Williams faleceu esta manhã. Ele tem lutado contra a depressão", afirmou Mara Buxbaum, em uma declaração.

"Essa é uma trágica e repentina perda. A família pede, respeitosamente, por sua privacidade, enquanto eles vivem seu luto nesse momento muito difícil", acrescentou.

A mulher do astro, Susan Schneider, pediu aos fãs que lembrem de sua genialidade para fazer rir.

"Esta manhã, eu perdi meu marido e meu melhor amigo, enquanto o mundo perdeu um de seus mais queridos artistas e grandes seres humanos", disse Susan, sua terceira mulher.

Eles se casaram em 2011.

"Eu estou arrasada. Em nome da família Robin, pedimos privacidade em nossa profunda dor", completou.

"Enquanto ele é lembrado, esperamos que o foco não seja na morte de Robin, mas nos incontáveis momentos de riso e de alegria que ele deu a milhões", insistiu.

O lendário diretor de cinema Steven Spielberg, um amigo muito próximo do ator, prestou-lhe homenagem.

"Robin era uma tempestade de gênio cômico, e nosso riso era o trovão que o alimentava", declarou Spielberg, citado pela revista "Variety".

"Ele era um companheiro, e não posso acreditar que ele se foi", lamentou Spielberg.

Robin Williams, que tinha mais de três décadas de carreira, ficou mundialmente conhecido por seu papel em "Bom dia Vietnã", de 1987.

O ator conquistou pessoas em todo o mundo com seu papel de professor brilhante em "Sociedade dos poetas mortos" e em comédias como "Uma babá quase perfeita", que terá uma continuação no ano que vem. Sua última participação em filmes foi dublando o personagem Ramon, da animação Happy Feet 2 (2011).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias