CINEMA

Sônia Braga se apaixona por personagem de Aquarius, o novo filme de Kleber Mendonça Filho

Atriz chega ao Recife no próximo sábado (11/7) para começar os ensaios

Ernesto Barros
Ernesto Barros
Publicado em 08/07/2015 às 6:00
Divulgação
Atriz chega ao Recife no próximo sábado (11/7) para começar os ensaios - FOTO: Divulgação
Leitura:

Sonia Braga será a protagonista de Aquarius, o novo longa-metragem do cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho. A atriz, que mora em Nova Iorque há 25 anos, chega ao Recife no próximo sábado para começar os ensaios. As filmagens estão marcadas para começar no dia 4 de agosto e devem transcorrer por sete semanas. “Ela é a maior estrela do cinema brasileiro e o nosso maior rosto no cinema. É uma grande honra poder trabalhar com Sonia”, afirmou Kleber, que esteve com a atriz no mês passado em Nova Iorque.

Conhecida por milhões de brasileiros por personagens icônicos em filmes como Dona Flor e seus Dois Maridos, A Dama do Lotação, O Beijo da Mulher Aranha e Eu Te Amo, além de peças como Hair e as telenovelas Gabriela e Dancin’ Days, Sonia Braga recebeu o cineasta de braços abertos. Há cerca de 15 anos que a atriz paranaense não fazia uma longa-metragem no País. “Senti uma energia muito forte quando nos conhecemos. E nossas ideias e pontos de vista se encaixaram muito bem. Não sei como explicar, mas meu santo bateu com o dela”, disse o cineasta.

“Sei que a viagem em Aquarius será um mergulho num profundo mar azul, infinito e misterioso, mas simples. Um mergulho nos meus mais profundos sonhos e desejos. Mas principal, e finalmente, a volta e um mergulho na minha língua-mãe, que me acolheu sempre tão carinhosamente. Kleber me escolheu e eu fico muito agradecida que um grande cineasta como ele me veja assim, dentro deste universo estranhamente desnivelado, mas com linhas paralelas, que só os artistas colocam no infinito”, disse a atriz num comunicado à imprensa.

Sonia Braga foi convidada para interpretar Clara, uma viúva de 65 anos, que mora num edifício chamado Aquarius, no Bairro de Boa Viagem. Mãe de três filhos adultos, ela vive num apartamento repleto de livros e discos. A diferença é que Clara, como poucas pessoas no mundo, tem o dom de viajar no tempo. “Quando li Aquarius, tive que parar para respirar. Sim, respirar e entender que era real. Pareceu de cara um sonho: uma personagem íntegra, da minha idade, com meus sonhos, com os meus sonhados filhos e família. Quis logo viver esta mulher. As palavras do roteiro pareciam que já tinham andado na minha boca.”

De acordo com Kleber, Clara não foi escrita pensando na atriz, mas o perfil de ambas se revelaram muito próximos. “No roteiro, a personagem tinha 64 anos. Quando me encontrei com Sonia ela havia acabado de completar 65 anos. Percebi logo que ela era uma mulher rochedo, forte e interessante como Clara. Além disso, vi também como a pesquisa dela era completa”, explicou cineasta. 

O caminho que o roteiro percorreu até chegar às mãos da atriz também foi outra aventura. “Surgiram vários nomes de atrizes, inclusive a ideia de escolher um nome desconhecido, que depois seria descoberto, mas achei que não era por aí. Mas alguém lembrou o nome de Sonia Braga. O diretor de elenco, Marcelo Caetano, descobriu que ela estava filmando no Texas e enviou o roteiro para ela”, relembrou Kleber.

EQUIPE

Assim como O Som ao Redor, o elenco de Aquarius terá atores experientes e outros que fizeram poucos filmes. Além de Sonia Braga, o cineasta confirmou a presença de Irandhir Santos. “Ele viverá o personagem Roberval, um amigo de Clara. Até o final do mês, divulgaremos os nomes dos outros atores”, prometeu. Ao todo, Aquarius terá mais de 50 atores em cena.

A equipe, no entanto, já foi revelada e a maioria participou de O Som ao Redor. Emilie Lesclaux, da Cinemascópio Produções, reuniu os diretores de fotografia Pedro Sotero e Fabrício Tadeu; os diretores de arte Juliano Dornelles e Thales Junqueira; os preparadores de elenco Amanda Gabriel e Leonardo Lacca e o técnico de gravação de som Nicolas Hallet. O cineasta Daniel Bandeira será o consultor artístico.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias