Whindersson Nunes alcança a marca de 10 milhões de inscritos no YouTube

Whindersson Nunes volta ao Recife no dia 10 setembro para uma apresentação no Teatro Guararapes, em Olinda

Reprodução/ Facebook
Whindersson Nunes volta ao Recife no dia 10 setembro para uma apresentação no Teatro Guararapes, em Olinda - FOTO: Reprodução/ Facebook

O maior youtuber do Brasil alcançou hoje (14) a marca de 10 milhões de inscritos no site de compartilhamento de vídeos Youtube. Atrás apenas do canal e produtora audiovisual Porta dos Fundos em inscritos, Whindersson Nunes tem, segundo o site Social Blate, uma média de 720 mil inscritos e 50 milhões de visualizações ao mês.

Whindersson publicou no seu facebook um texto agradecendo os seus fãs pelo número alcançado e falando das superações que realizou. Confira um trecho: "Quando eu dava nó na minha gravata pra ir servir mesas em festas eu tinha uma coisa em mente, tentar ser o melhor no que eu estava fazendo, eu queria ser o melhor garçom, o mais simpático, o mais paciente, o garçom que chamam pelo nome e não com assovio.. E na minha cabeça eu tinha certeza de que tentaria ser o melhor em tudo que eu me propusesse a fazer, seja fazendo humburguer, seja vendendo cremosinho, seja fazendo tapioca ou vídeo pro YouTube."

Mesmo a conquista dos 10 milhões sendo recente, algumas outras figuras públicas já estão publicando suas parabenizações ao piauiense, como é o caso do empresário e youtuber Felipe Castanhari, criador da marca e canal Nostalgia: "Parabéns Whind, você tem o canal que mostra que qualquer um pode alcançar seus sonhos, basta ter foco, insistência e muito trabalho! Eu não preferia você pobre, gosto de ver você bem, tirando sua grana, ajudando sua família e tendo um pouco de conforto, nada mais justo. Continue nessa vibe meu velho e parabéns pelos 10 milhões, faço parte deles!"

Whindersson Nunes volta ao Recife no dia 10 setembro para uma apresentação no Teatro Guararapes, em Olinda.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias