Veja a homenagem do Google a Roberto Gómez Bolaños, o eterno Chaves, em seu aniversário de 91 anos

Roberto encontrou o sucesso fazendo programas de rádio e televisão no seu país, o México, o que lhe rendeu o apelido de Chespirito – o pequeno (William) Shakespeare

Foto: Reprodução/SBT
Roberto encontrou o sucesso fazendo programas de rádio e televisão no seu país, o México, o que lhe rendeu o apelido de Chespirito – o pequeno (William) Shakespeare - Foto: Reprodução/SBT

Quem acessar a página inicial do Google nesta sexta-feira (21) poderá ver o Doodle do serviço de buscas Roberto Gómez Bolaños. Famoso no mundo todo por criar e interpretar os personagens Chaves e Chapolin Colorado nas séries de TV de mesmos nomes, Bolanõs completaria 91 anos nesta sexta. Ele nasceu na Cidade do México em 1929 e encontrou o sucesso fazendo programas de rádio e televisão no seu país, o que lhe rendeu o apelido de Chespirito – o pequeno (William) Shakespeare - dado pelo diretor Agustín Delgado.

Muito antes de ser conhecido por interpretar Chaves, Chapolin Colorado, Dr. Chapatin, Vicente Chambón, El Chanfle, Pancada Bonaparte, Chaveco e outros tantos personagens na TV, no rádio, no cinema e no teatro, por pouco, Bolaños não se rendeu ao futebol, que era seu sonho de criança. Na adolescência, pensou em ser lutador de boxe ou engenheiro. Mas o destino mostrou, felizmente, que a vida artística era a sua verdadeira vocação.

>> No aniversário de Roberto Gómez Bolaños, relembre momentos marcantes de Chaves e Chapolin

Veja o Doodle:

Chaves, um fenômeno internacional

Fenômeno internacional, Chaves estreou no México em 1971 e se espalhou pelo mundo, sendo transmitida na maioria dos países da América Latina e até mesmo em países de Europa e Ásia, como Rússia e a Tailândia. 

>> Filho do 'Chaves' revela surpresa para fãs brasileiros

No Brasil, a série do garoto que mora em um barril começou a ser transmitida pelo SBT em 1984, tornando-se um verdadeiro sucesso no país, ao ponto do programa ser reprisado pelo canal até os dias de hoje na emissora, cuja TV Jornal é afiliada. Bordões do personagem, como "foi sem querer, querendo", "ninguém tem paciência comigo" e "que burro, dá zero pra ele" seguem sendo repetidos pelos fãs e demais pessoas que foram influenciadas pela série mexicana.

Em janeiro  de 2018, o canal pago Multishow comprou os direitos de exibição de episódios clássicos e inéditos dos seriados Chaves e Chapolin, produzidos pela mexicana Televisa. A estreia dos programas na emissora foi em 21 de maio de 2018.

Despedida

Roberto Gómez Bolaños faleceu de insuficiência cardíaca aos 85 anos no dia 28 de novembro de 2014, em sua casa em Cancún, deixando seis filhos, a esposa Florinda Meza (a intérprete de Dona Florinda), e milhares de fãs órfãos como o Chaves, que ele mesmo criou e segue sendo sua obra prima. E o Brasil, que sempre demonstrou amor e respeito à este artista, tinha um lugar especial em seu coração.

Não por coincidência, seu último post no Twitter foi dedicado aos brasileiros, e a notícia de sua morte, veiculada no SBT/TV Jornal, interrompia mais uma exibição de Chaves. Com um funeral emocionante, digno de Chespirito, talvez a melhor homenagem dada à Bolaños foi em vida lá em 2012, quando ele estava presente. E uma das canções especiais compostas para a ocasião resumia o sentimento de muitos que queriam estar aqui hoje, celebrando seus 90 anos: “Obrigado por ser o amigo / Que sempre espera por mim no mesmo lugar”.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias