Show

Roxette emociona público recifense

O show, no Chevrolet Hall, satisfez as expectativas dos fãs, que fizeram bonito no coro

Renato Contente
Renato Contente
Publicado em 21/05/2012 às 6:59
Fotos: Ricardo B. Labastier
Fotos: Ricardo B. Labastier
Leitura:

Todo mundo tem um alter ego Roxette dentro de si. Mesmo que o “eu” romântico esteja escondido na adolescência dos anos 1980 e 90, seja ela vivida in loco ou retroativamente com ajuda das rádios entoando hits imortais. Quem foi ao show da banda sueca sexta, no Chevrolet Hall, reviveu os amores doídos e vividos intensamente em uma discoteca legítima. Mesmo depois de um tumor no cérebro ter invadido sua carreira artística em 2002, Marie Fredriksson (vocal)  estava ali mais uma vez, com a simpatia de sempre mostrando que o romance ainda faz muito sucesso. A cantora recebeu ajuda da plateia saudosista, que emocionou nos coros.

No mesmo palco, o incansável Per Gessle (vocal, guitarra) ajuda no resgate dos hits. “Nós vamos cantar algumas músicas antigas hoje, vamos ver se vocês lembram”, desafiou o cantor. A sintonia dos dois protagonistas chega ao clímax na música Silver Blue, cantado em um romântico dueto.

O show foi do jeitinho que os fãs esperavam: estavam lá os preferidos das paradas de sucesso, Sleeping in my car, Spending my time, , Dressed for success, Stars, Its must have been love e a mais esperada da noite Listen to your heart,que a banda deixou para a volta elegante do final.

Fotos: Ricardo B. Labastier
Banda sueca fez show e, 2012 no Chevrolet Hall, em Olinda, e ousou ao tocar até frevo - Fotos: Ricardo B. Labastier
O guitarrista Per Gessle fez solo de Vassourinhas. O público foi ao delírio -
A banda arricou até alguns passos. O Chevrolet Hall veio abaixo -
A cantora Marie Fredriksson e o guitarrista Per Gessle estão em turnê mundial desde o ano passado -
Entre os sucessos da banda estão The Look, Listen to Your Heart, It Must Have Been Love e Joyride -
Público lotou o Chevrolet Hall para acompanhar a performance -
Marie Fredriksson -

 

Depois da turnê brasileira, que também passou pelo Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Curitiba, o grupo anunciou que provavelmente demorará um tempo para voltar ao país.

No lado debaixo do show, com  uma faixa escrita Roxette na cabeça, Carla Muniz curtiu o show nos braços de seu companheiro. “Me emocionei muito, principalmente porque eu e meu marido oficializamos nosso namoro no show de Roxette há 22 anos, em São Paulo. E hoje estamos aqui, relembrando tudo”, confessou  a empresária.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias