PRESO

Rapper Chris Brown é condenado a um ano de prisão em Los Angeles

Cantor teria violado a liberdade condicional agredir a ex-namorada Rihana

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 10/05/2014 às 9:03
Leitura:

O problemático cantor americano Chris Brown foi condenado a um ano de prisão em Los Angeles, nesta sexta-feira, por ter violado a liberdade condicional à qual foi submetido após agredir a ex-namorada Rihana em 2009.

Brown, que já acumulou oito meses de detenção por diferentes motivos, deverá cumprir os quatro meses restantes na prisão do condado de Los Angeles. Ele está detido nesse local desde meados de março, depois de sua expulsão de uma clínica de desintoxicação.

O rapper admitiu ter violado os termos da condicional, vinculados a um incidente violento há cinco anos, com a então namorada, a cantora Rihanna.

Brown esteve em liberdade condicional desde que admitiu a agressão a Rihanna, na véspera da entrega dos prêmios Grammy, em fevereiro de 2009. Além disso, foi condenado a 180 dias de prestação de serviços comunitários e a cinco anos de liberdade condicional.

Nesta sexta-feira, um juiz de Los Angeles determinou ao cantor 1.000 horas extras de serviço comunitário.

Chris Brown, de 24 anos, também foi processado em um outro caso e condenado a cumprir seis meses de prisão e a pagar uma multa de US$ l.000. Ele e seu segurança foram acusados de agressão de um fã, que pediu para tirar uma foto com o cantor, em 27 de outubro passado. O episódio violento aconteceu em um hotel da moda de Washington. Uma nova audiência foi marcada para 25 de junho, em Washington.

O músico, que também é dançarino e ator, ganhou um prêmio Grammy de melhor álbum R&B em 2012.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias