Acusação

Juiz argentino pede a prisão de Justin Bieber à Interpol

O pedido à Interpol foi feito em 8 de abril, mas divulgado apenas nesta sexta-feira

Da AFP
Da AFP
Publicado em 10/04/2015 às 17:17
Foto: ROBYN BECK / AFP
O pedido à Interpol foi feito em 8 de abril, mas divulgado apenas nesta sexta-feira - FOTO: Foto: ROBYN BECK / AFP
Leitura:

Um juiz argentino pediu a prisão internacional do ídolo pop canadense Justin Bieber, acusado pela agressão a um fotógrafo ocorrida em Buenos Aires, em 2013, durante uma turnê do artista, informou à AFP uma fonte judicial.

"A prisão de Justin Bieber está sendo pedida à Interpol, em qualquer lugar do mundo. Como não foi possível encontrá-lo para que compareça para depor, pedimos que se proceda a sua detenção", explicou María Soledad Nieto, secretária do juiz Alberto Baños, encarregado do caso.

O pedido à Interpol foi feito em 8 de abril, mas divulgado apenas nesta sexta-feira (10).

Em novembro de 2014, o cantor de 21 anos foi intimado a prestar depoimento pela suposta agressão contra o fotógrafo Diego Pesoa um ano antes.

Como não se apresentou no prazo previsto, o juiz argentino resolveu pedir sua prisão para poder interrogá-lo.

Segundo a denúncia, o fotógrafo foi agredido por um dos seguranças de Bieber na saída de um clube noturno no bairro de Palermo, além de ter seu equipamento destruído.

O ídolo pop tem tido frequentes problemas com a justiça, inclusive em seu país natal, onde foi denunciado por agressões.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias