Mortos

Michael Jackson no topo dos mortos que mais faturaram em 2019

O rei do reggae Bob Marley está em terceiro na lista

José Teles
José Teles
Publicado em 30/10/2019 às 12:00
Foto: Divulgação
O rei do reggae Bob Marley está em terceiro na lista - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Eles já não podem mais gastar o que ganham com música, pelo menos neste mundo, mas continuam faturando muito. O beatle George Harrison, por exemplo, arrecadou 9 milhões de dólares em 2019, o que o trouxe de volta a lista dos astros da músicas campeões de arrecadação em 2019. O primeiríssimo lugar entre os milionários já falecido fica mais uma vez com Michael Jackson, com 60 milhões de dólares. Pelo sétimo ano seguido, ele é o campeão em faturamento entre os superstars que não estão mais conosco fisicamente.

Com carreira iniciada há 65 anos, falecido há 42 anos, aos 42 anos, Elvis Presley vem logo atrás de seus ex-genro. Em 2019, já faturou 39 milhões de dólares. Robert Nesta Marley, o Rei do Reggae, Bob Marley, onde estiver. Ele é o terceiro na lista dos astros de música pop que continuam a ganhar muito dinheiro depois de mortos. Com 1 bilhão de de escutadas nas plataformas de música para streaming, a obra de Bob Marley rendeu este ano 20 milhões de dólares. Jah Rastafari.

Falecido um ano antes de Bob Marley, em 8 de dezembro de 1980, John Lennon é o quarto da lista dos milionários em faturamento, nesta listão: com 14 milhões de dólares. O profícuo Prince, que deixou um arquivo com música suficiente para centenas de discos, morto há três anos, acrescentou mais 12 milhões de dólares à conta bancária dos herdeiros.

RAPPERS

Continua faturando bem, o rapper Nipsey Hussle, assassinado em 31 de março de 2019: 11 milhões de dólares. Rapper, e também morto a balas, XXX Tentacion, entre os superstars falecidos é o campeão no streaming com incríveis 5, 6 bilhões de escutadas. Em dólares faturou 10 milhões de dólares. A cantora Whitney Houston é a mulher numa lista de marmanjos. Teve rendimento de 9 milhões de dólares neste ano que se finda.

Últimas notícias