FEstival

Festival de Choro João Pernambuco começa nesta quarta-feira

A edição de 2019 terá rodas de chorinho em Gravatá

José Teles
José Teles
Publicado em 13/11/2019 às 11:00
Notícia
Foto: Divulgação
A edição de 2019 terá rodas de chorinho em Gravatá - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A quarta edição do Festival de Choro João Pernambuco começa hoje, às 19h30, no Teatro de Santa Isabel, com a Orquestra Pernambucana de Clarinetes (PE) mais participações de Dalva Torres, Bozó e Betto do Bandolim. Os homenageados de 2019 serão o bandolinista Rossi Ferreira (in memoriam), Dilson Reis, Maximínio Sete Cordas e Nuca Sarmento. Ingressos: R$ 50 e R$ 25.

GRAVATÁ

Pela primeira vez, o evento estende a programação para Gravatá. Na sexta e no sábado, no Mercado Municipal, acontecerão saraus abertos ao público. Na sexta tocam Grupo Chorando em PE, Marco César e Dalva Torres. No sábado, Mestre Chocho (PE), Duo Betto do Bandolim & Bozó 7 Cordas e Walmir Chagas. As apresentações começam às 19h30.

O Festival de Choro João Pernambuco continua nos dias 22, 23 e 24 de novembro, na Torre Malakoff, aberto ao público, com a seguinte programação. Dia 22 tocam Dilson Reis, Maximínio Sete Cordas e Nuca Sarmento, Vinícius Sarmento, Henrique Annes e Jehovah da Gaita; dia 23, Kiandelê, Fábio Santos, Nonato Luiz (CE) e Sopro Fino. No dia 24, um domingo, o festival será encerrado com Leandro Tigrão (BA), Quarteto Pernambuco, Lucas Telles (MG) e Pedro Amorim (RJ). O festival tem direção musical de Betto do Bandolim e Bozó 7 Cordas, com direção geral de Wagner Staden.

A maioria das atrações do festival é de pernambucanos, confirmando o quanto continua forte a cena de choro local. Enfatizando a presença de mestre Chocho, aos 95 anos, o mais antigo chorão do Brasil.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias