Equipamentos

Maria Digna assume gestão do Museu do Estado de Pernambuco

A ex-presidente da Sociedade dos Amigos do Museu ocupa o cargo deixado por Margot Monteiro

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 11/12/2013 às 7:00
Leitura:

Nos bastidores das ações executadas pelo Museu do Estado de Pernambuco (Mepe), atuava, até pouco tempo, uma pessoa discreta: a então presidente da Sociedade dos Amigos do Museu, Maria Digna Pessoa de Queiroz. Braço direito da ex-diretora do Mepe, Margot Monteiro, que deixou o cargo oficialmente na última semana, Maria Digna encarregava-se de promover cursos, palestras e debates, através de uma entidade que buscava estreitar os laços do público com o museu. Conhecia intimamente os projetos de Margot para o equipamento, considerado “a menina dos olhos” do Governo do Estado, segundo o diretor de Equipamentos Culturais da Fundarpe, André Araripe. Não é por acaso, então, a nomeação de Maria Digna para ocupar o cargo de diretora do Mepe, diante da saída de Margot por motivos pessoais. 

Ela foi indicada pela ex-diretora e nomeada pelo governador Eduardo Campos (de acordo com a publicação da última quinta-feira no Diário Oficial), por ser justamente a pessoa que dará continuidade às políticas implementadas desde 2007, quando Margot ocupou o cargo de gestora do Mepe. “Eu sabia que Eduardo estaria satisfeito se a nova administração continuasse com a mesma equipe e os mesmos projetos”, conta a ex-diretora, que embora tenha entregue a função, não larga o osso. Margot assumirá um posto de diretoria na Sociedade Amigos do Museu, “para que os projetos continuem”, como justifica.  

Leia a matéria na íntegra na edição de hoje do Caderno C.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias