adeus

Morre no México Roberto Bolaños, o Chaves

Bolaños tinha 85 anos e morreu em sua casa em Cancún, onde morava com a mulher

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 28/11/2014 às 18:10
Foto: LUIS ACOSTA / AFP
Bolaños tinha 85 anos e morreu em sua casa em Cancún, onde morava com a mulher - FOTO: Foto: LUIS ACOSTA / AFP
Leitura:

 Morreu nesta sexta-feira (28) o ator mexicano Roberto Bolaños, conhecido por criar os personagens Chaves e Chapolin Colorado.

Bolaños tinha 85 anos e morreu em sua casa em Cancún, onde morava com a mulher, a também atriz Florinda Meza, que faz o papel da Dona Florinda no programa "Chaves".

Ator, escritor e produtor de televisão, ele sofria de problemas respiratórios há anos por ter fumado durante muito tempo. Em março de 2012, foi internado em hospital na Cidade do México devido a uma insuficiência respiratória.

A série "Chaves", criada e protagonizada por ele na década de 1970, tornou-se um fenômeno internacional, sendo exibida no Brasil, Tailândia e Rússia, além de ser o programa mais visto na televisão mexicana.

Nascido em 1929, Bolaños escreveu e adaptou mais de 50 roteiros de cinema e atuou em 11 filmes.

Em seus últimos anos, em Cancún, adaptou-se aos novos tempos: criou uma conta no Twitter, que soma mais de 6 milhões de seguidores.

A Televisa, principal emissora do México, sugeriu por várias vezes que alguém escrevesse as postagens em seu nome, mas ele se negou. "É minha conta e eu comando minhas mensagens", disse em uma ocasião.
O apelido Chesperito, nome original de Chaves em espanhol, foi tirado de William Shakespeare, cujo diminutivo em espanhol era Chesperito.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias