CAMPANHA

Fernanda Gentil, Ivete Sangalo, Paulo Gustavo e outros protestam contra 'cura gay'

"Doente são aqueles que acreditam nesse grande absurdo", disse Ivete

JC Online
JC Online
Publicado em 19/09/2017 às 9:31
Foto: Reprodução/Instagram
"Doente são aqueles que acreditam nesse grande absurdo", disse Ivete - FOTO: Foto: Reprodução/Instagram
Leitura:

Artistas de todo o País realizaram protestos em suas redes sociais contra a liminar da Justiça do Distrito Federal que possibilita que psicólogos tratem pessoas LGBT como "doentes" e possam então fazer as chamadas "terapias de reversão sexual", conhecida como 'cura gay'.

Depoimentos

A apresentadora Fernanda Gentil, que mantém um namoro assumido com a jornalista Priscila Montadon, ironizou. Ao postar uma foto com um termômetro na boca e cheia de remédios, escreveu: "Tentando me curar dessa doença, mas tá difícil...".

Paulo Gustavo, que há alguns meses foi vítima de homofobia, também brincou: "Eu tô catando aqui tudo que é remédio pra poder melhorar da homossexualidade e não tô conseguindo, não. Eu sou viado há muito tempo".

Ivete Sangalo também se manifestou, mas de modo mais sério: "Doente são aqueles que acreditam nesse grande absurdo. Pessoas, pensem sobre o que esse grande equívoco , absorvam a coragem e a luta dos homossexuais e apliquem às suas mofadas e inertes vidas".

A drag queen Pabllo Vittar foi direta: "Não somos doentes"!

Tentando me curar dessa doença, mas tá difícil..... Ô @paulogustavo31 , obteve sucesso aí??????? #algumadica?

Uma publicação compartilhada por Fernanda Gentil - Oficial (@gentilfernanda) em

// NÃO SOMOS DOENTES ????

Uma publicação compartilhada por Pabllo Vittar ????????? (@pabllovittar) em

Últimas notícias