FESTIVAL DE CINEMA

Recifest abre as portas para o cinema da diversidade

Abertura tem o premiado Bixa Travesty, com a cantora trans Linn da Quebrada

Ernesto Barros
Ernesto Barros
Publicado em 20/11/2018 às 5:39
Divulgação
Abertura tem o premiado Bixa Travesty, com a cantora trans Linn da Quebrada - FOTO: Divulgação
Leitura:

Com seriedade e uma curadoria antenada tanto com questões de representatividade, gênero e diversidade sexual quanto do próprio cinema, o Recifest gradualmente foi se tornando uma das principais referências entre os festivais LGBT do País. Depois do já histórico Mix Brasil, o Recifest – Festival de Cinema de Diversidade Sexual e de Gênero, que começa oficialmente hoje, é o evento cinematográfico do seu nicho que tem mais chamado a atenção.

“A cada ano o acesso ao Recifest tem sido maior e mais bacana. Nesta edição, tivemos 150 inscrições, que resultaram numa seleção de 26 curtas e mais quatro convidados. São filmes que estão fazendo sucesso em vários festivais do Brasil e do mundo”, comemora a produtora Carla Francine, que realiza o Recifest em parceria com Rosinha Assis.

A arrancada da 6ª edição do Recifest, a partir das 18h, no Cinema São Luiz, promete ser uma noite histórica, com uma seleção de curtas especialmente escolhidos para a abertura. Entre eles, o premiado Reforma, de Fábio Leal, e o novo filme da atriz e realizadora negra Dandara de Morais, que se chama Grito! Parte I: Mini Manifesto Feminista Interseccional em Imagens.

Entre as homenagens, o Recifest vai prestar vênia ao professor, cineasta, poeta e agitador cultural Jomard Muniz de Brito e ao Maracatu Rural Feminino de Baque Solto Coração Nazareno, de Nazaré da Mata. A partir das 19h, será prestada a homenagem a Jomard, com a exibição do curta Olho Neles, realizado em 1982, durante a Ditadura Militar, como um alerta contra a repressão política.

Um dos principais cineastas pernambucanos do Ciclo do Super8, o recifense Jomard, de 81 anos, foi perseguido pelo governo militar e nunca abaixou a sua voz, com um vasta obra poética (os famosos atentados, que ainda hoje escreve) e cinematográfica. Nos seus filmes, seu olhar transgressor e subversivo ficou marcado em curtas como Vivencial 1 (1974), Toques (1975) e Jogos Frutais Fugais (1979), entre outros.

A homenagem ao Maracatu Rural Feminino de Baque Solto Coração Nazareno, fundado em 8 de março de 2004, no Dia Internacional da Mulher, pela Associação de Mulheres De Nazaré da Mata (Amunam), acontece no sábado, 24, às 18h. Entre outras novidades, o maracatu inseriu mulheres na centenária manifestação popular, até então exclusivamente masculina. Por causa desse pioneirismo, o maracatu ganhou vários prêmios culturais.

A agremiação carnavalesca é formada por cerca de 70 mulheres, a maioria negras, entre trabalhadoras da zona rural e do município de Nazaré da Mata. Apesar de localizado numa região de forte cultura machista e homofóbica, há vários relacionamentos homoafetivos no grupo, num exemplo de coragem para mulheres de todo o Brasil, na luta pelo respeito às opções de gênero, sexualidade e cidadania e contra a violência.

Para aumentar ainda mais a temperatura da programação, foram convidados os longas-metragens Bixa Travesty e Sol Alegria para sessões em avant première. A exibição de Bixa Travesty acontece às 19h30, com a presença do artista Linn da Quebrada e dos diretores do filme, o casal Kiko Goifman e Cláudia Priscila.

O documentário, que venceu o Prêmio Teddy (o melhor entre todos os filmes de temática LGBT) do Festival de Berlim deste ano, acompanha a trajetória da cantora e compositora paulista Linn da Quebrada, a maior sensação da cena artística produzida por artistas trans de São Paulo.

A produção paraibana Sol Alegria, dirigida por Mariah e Tavinho Teixeira, filha e pai, será exibida no sábado, às 19h, também no São Luiz. O filme é uma alegoria sobre um País governado por uma junta militar e pastores corruptos que pregam o apocalipse.

Programação – Recife

Programação Cinema São Luiz – Recife
Rua da Aurora, 175 – Boa Vista – Recife - PE

20/11 - Terça-feira

18h - ABERTURA
Mostra não-Competitiva de Curtas-metragens
Tea for two (Julia Katharine) - SP
Grito! Parte I: Mini Manifesto Feminista Interseccional em Imagens (Dandara de Morais) – PE
Kibe Lanches (Alexandre Figueirôa) - PE
Reforma (Fábio Leal) - PE

19h00 - Homenagem a Jomard Muniz de Brito

19h30 – Estréia em Avant-Premier do longa-metragem Nacional
Bixa Travesty (Claudia Priscila e Kiko Goifman) - SP
Debate com representantes do filme - Mediação: Anthony Ribeiro

21/11 - Quarta-feira

18h - Mostra não competitiva - Sessão Curtas Internacionais

Calamity (Séverine de Streyker e Maxime Feyers) - Bélgica
A Drop of Sun Under the Earth (Shikeith Cathey) - EUA
Silvia in the waves (Giovana Olmos) - Canadá
Tres (Fabia Castro) - Espanha
Princesa De Hielo (Pablo Guerrero) - Espanha
La Pureza (Pedro Vikingo) - Espanha
Goldfish (Yorgos Angelopoulos) - Grécia

19h40 - Mostra Competitiva de Curtas-Metragens
Sessão “Se fere minha existência, serei resistência”
Lillith (Edem Ortegal) - GO
Renan (Heloísa Bastos e Renan Santos) - BA
Não é só isso (Yasmin Rocha) - BA
Afronte (Bruno Victor e Marcus Azevedo) - DF
Desyrrê (Direção Coletiva) - PE
Tesão de Vaca (Núbia la Nena Callejera) - PE
Latifúndio (Érica Sarmet) - RJ
Debate com representantes dos filmes - Mediação: Julia Katherine

22/11 - Quinta-feira

18h - Mostra Competitiva de Curtas-metragens
Sessão: Que os nossos encontros nos curem
Onde mora o afeto (Josianne Diniz) - DF
SAM (Miguel Moura e Julia Souza) - RJ
Aqueles dois (Emerson Maranhão) - CE
Wonderfull: meu eu em mim (Dário Jr.) - AL
Iara (Cássio Pereira dos Santos e Erika Pereira dos Santos) - MG
Debate com representantes dos filmes - Mediação: Henrique Rodrigues Marques

19h40 - Mostra Competitiva de Curtas-metragens
Sessão: Obrigado, música, por sempre ter estado lá pra mim
BR3 (Bruno Ribeiro) - RJ
Superpina (Jean Santos) - PE
Verde Limão (Henrique Arruda) - RN
MC Jess (Carla Villa-Lobos) - RJ
Debate com representantes dos filmes - Mediação: André Antônio

23/11 - Sexta-feira

18h – Mostra Competitiva  de Curtas-Metragens
Sessão: Eu vou embora, mas eu volto
Vendo (João Vigo) - PE
Inconfissões (Ana Galizia) - RJ
Bala perdida (Sylara Silvério) - PE
Sr. Raposo (Daniel Nolasco) - GO
Jéssika (Galba Gogóia) - RJ
Debate com representantes dos filmes - Mediação: Anthony Ribeiro

19h40 – Mostra Competitiva  de Curtas-Metragens
Sessão: Um teto todo seu
Quanto craude no meu sovaco (Duda Menezes e Fefa Lins) - PE
A Cidade das Meninas (Paola Favaro) - SP
Transitar (Juliabe Balbino) - PE
Boca de Loba (Bárbara Cabeça) - CE
Estamos todos aqui (Chico Santos e Rafael Mellim) - SP
Debate com representantes dos filmes - Mediação: Carol Almeida

24/11 - Sábado

18h - HOMENAGEM Maracatu Coração Nazareno

18h30 - Mostra Internacional Div.A – Diversidade em Animação
La Mesa (Adrian Garcia Gomez) - EUA
Birds of a Feather (Dann Parry) - Reino Unido
The Fish Curry (Abhishek Verma) -  Índia

19h - Estréia Avant-Premier Longa-metragem Nacional
Sol Alegria (Mariah e Tavinho Texeira) - PB
Debate com representantes do filme - Mediação: André Antônio

20h30 – PREMIAÇÕES

Programação Nazaré da Mata

Programação Auditório UPE – Campus Mata Norte

R. Amaro Maltês de Farias – Centro - Nazaré da Mata – PE

 

04/12 - Terça-feira

18h - Sessão “Se fere minha existência, serei resistência”
Lillith (Edem Ortegal) - GO
Renan (Heloísa Bastos e Renan Santos) - BA
Não é só isso (Yasmin Rocha) - BA
Afronte (Bruno Victor e Marcus Azevedo) - DF
Desyrrê (Direção Coletiva) - PE
Tesão de Vaca (Núbia la Nena Callejera) - PE
Latifúndio (Érica Sarmet) - RJ

Debate com curador Anthony Ribeiro

05/12 - Quarta-feira

18h - Mostra Competitiva de Curtas-Metragem
Sessão: Que os nossos encontros nos curem
Onde mora o afeto (Josianne Diniz) - DF
SAM (Miguel Moura e Julia Souza) - RJ
Aqueles dois (Emerson Maranhão) - CE
Wonderfull: meu eu em mim (Dário Jr.) - AL
Iara (Cássio Pereira dos Santos e Erika Pereira dos Santos) - MG

Debate com curador Anthony Ribeiro

19h30 – Sessão: Obrigado, música, por sempre ter estado lá pra mim
BR3 (Bruno Ribeiro) - RJ
Superpina (Jean Santos) - PE
Verde Limão (Henrique Arruda) - RN
MC Jess (Carla Villa-Lobos) – RJ
Debate com curador André Antônio

06/12 - quinta-feira 

18h – Mostra de Curtas-Metragens - Sessão: Eu vou embora, mas eu volto
Vendo (João Vigo) - PE
Inconfissões (Ana Galizia) - RJ
Bala perdida (Sylara Silvério) - PE
Sr. Raposo (Daniel Nolasco) - GO
Jéssika (Galba Gogóia) - RJ

19h30 – Mostra de Curtas-Metragens - Sessão: Um teto todo seu

Quanto craude no meu sovaco (Duda Menezes e Fefa Lins) - PE
A Cidade das Meninas (Paola Favaro) - SP
Transitar (Juliabe Balbino) - PE
Boca de Loba (Bárbara Cabeça) - CE
Estamos todos aqui (Chico Santos e Rafael Mellim) - SP
Debate com curador Anthony Ribeiro

Rodas de Diálogos

04/12 – 14h às 16h30
Políticas e direitos da comunidade LGBTQ+
Palestrante: Robeyoncé Lima (Advogada, eleita vereadora pelo Recife)

05/12 – 14h às 16h30

A representação LGBTQ+ no cinema
Carol Almeida (Crítica e pesquisadora) e Anthony Ribeiro (Pesquisador)

 Programação AMUNAM - Associação de Mulheres de Nazaré da Mata

Rua Cel. Manoel Inácio, 129 – Centro – Nazaré da Mata - PE

 Oficina  “Documentando”
27/11 a 29/11 - 8h30 as 12h30
Ministrante: Marlom Meireles (Cineasta e oficineiro – PE)

Últimas notícias