anp

Petrobras é autorizada a produzir petróleo da cessão onerosa no campo de Búzios

A estatal já mapeou o reservatório, perfurou 11 poços para delimitar a jazida e declarou comercialidade da área

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 26/12/2014 às 11:39
Foto: Heudes Regis/JC Imagem
A estatal já mapeou o reservatório, perfurou 11 poços para delimitar a jazida e declarou comercialidade da área - FOTO: Foto: Heudes Regis/JC Imagem
Leitura:

A Petrobras informou nesta sexta-feira (26) que recebeu a autorização da ANP (Agência Nacional do Petróleo) para iniciar a produção no campo de Búzios, na região do pré-sal da bacia de Santos. As informações são da Agência Brasil.

A estatal já mapeou o reservatório, perfurou 11 poços para delimitar a jazida e declarou comercialidade da área, antes conhecida como Franco, em dezembro de 2013.

O poço 2-ANP-1RJS extrairá petróleo da camada pré-sal de forma provisória durante sete meses, a fim de obter informações para o sistema de produção definitivo do campo.

O campo de Búzios responde pela maior parte do volume contratado pela Petrobras por meio do regime de cessão onerosa, ou seja, 3,06 bilhões dos 5 bilhões de barris.

A cessão onerosa foi um contrato entre a União e a Petrobras, em que a petrolífera pagou pelo direito de explorar e produzir até 5 bilhões de barris de petróleo e gás da camada pré-sal.

Além de Búzios, fazem parte do contrato de cessão onerosa, os campos de Sépia, Itapu (antiga área de Florim), Sul de Lula e Sul de Sapinhoá, além das áreas de Entorno de Iara.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias