ENERGIA

Minas e Energia escolhe presidente de associação como novo secretário

No setor privado, novo secretário executivo foi conselheiro da Equatorial Energia, da Cemar e da Light

ABr
ABr
Publicado em 17/05/2016 às 15:10
JC Imagem
No setor privado, novo secretário executivo foi conselheiro da Equatorial Energia, da Cemar e da Light - FOTO: JC Imagem
Leitura:

O engenheiro mecânico Paulo Pedrosa será o secretário executivo do Ministério de Minas e Energia. Pedrosa, que atualmente é presidente da Associação Brasileira dos Grandes Consumidores de Energia e Consumidores Livres (Abrace), foi indicado pelo ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

Pedrosa foi diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) entre 2001 e 2005. Também trabalhou na Eletronorte e na Chesf, do sistema Eletrobras, e foi conselheiro do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), do Conselho de competitividade do Plano Brasil Maior e do Conselho das Indústrias Reguladas da Associação Comercial do Rio de Janeiro.

No setor privado, novo secretário executivo foi conselheiro da Equatorial Energia, da Cemar e da Light.

Professor

Com graduação pela Universidade de Brasília (UnB), Pedrosa tem especialização em turbinas hidráulicas e projetos de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e MBA pela Fundação Instituto de Administração (FIA-USP).

Foi professor dos cursos de MBA em energia, do IBMEC-Rio, da FGV-SP e da pós-graduação em Direito da Energia da Universidade Cândido Mendes.

Pedrosa substitui Luiz Eduardo Barata, que ocupava o cargo desde maio do ano passado. Barata foi exonerado no dia 6 de maio.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias