Retomada

Melhora da economia já reflete no dia a dia das pessoas, diz Meirelles

Um indicativo da melhora da economia é a queda no preço da cesta básica por 14 semanas seguidas, destacou hoje o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Estadão Conteúdo Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 03/10/2017 às 13:03
Foto: ABr
Um indicativo da melhora da economia é a queda no preço da cesta básica por 14 semanas seguidas, destacou hoje o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. - FOTO: Foto: ABr
Leitura:

A melhora da economia já reflete no dia a dia das pessoas, e um indicativo disso é a queda no preço da cesta básica por 14 semanas seguidas, destacou nesta terça-feira, 3, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em seu perfil no Twitter. "A queda no valor dos alimentos aumentou o poder de compra do salário mínimo", disse o ministro, ressaltando que esse ganho foi de 16,7% em um ano.

"Isso mostra que, após reverter a pior recessão da história do Brasil, estamos ajudando a melhorar a vida de que ganha menos", afirmou Meirelles.

O ministro ressaltou também o aumento no nível de confiança das empresas na retomada da economia. Segundo ele, o Índice de Confiança Empresarial (ICE) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que reúne resultados de sondagens de setores como indústria, comércio e serviços, está no maior patamar desde dezembro de 2014.

"Mais confiantes na melhora da economia, as empresas tendem aumentar investimentos e contratar mais trabalhadores", anteviu o ministro.

Últimas notícias