SERVIÇO

Portaria interministerial define diretrizes para atendimento dos Correios

Segundo o texto, os Correios poderão fazer parcerias com órgãos e entidades públicos e privados visando à realização do atendimento

Fillipe Vilar
Fillipe Vilar
Publicado em 13/09/2018 às 14:02
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Segundo o texto, os Correios poderão fazer parcerias com órgãos e entidades públicos e privados visando à realização do atendimento - FOTO: Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

Portaria Interministerial da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e do Planejamento, publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 13, estabelece as diretrizes para nortear a universalização do atendimento e da entrega postais e os índices padrões de qualidade para os prazos de entrega dos objeto do serviço posta básico, a serem observados pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). 

De acordo com a Portaria, "a ECT deverá prover o atendimento postal, por meio de seus canais de atendimento, conforme as diretrizes para a universalização e garantindo a oferta de 100% das posições de atendimento". Segundo o texto, os Correios poderão fazer parcerias com órgãos e entidades públicos e privados visando à realização do atendimento. 

Rede de Atendimento

A ECT deverá estabelecer as características das atividades típicas dos serviços postais básicos a serem observadas pela Rede de Atendimento. Além disso, deverá adotar avaliação sistêmica e periódica do desempenho da rede de atendimento. Os Correios poderão decidir pela implantação do atendimento terceirizado, se identificadas condições, oportunidade e interesse estratégico da empresa.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias