Construção Civil

FGV: confiança da construção atinge maior nível desde janeiro de 2015

O índice atingiu 84,7 pontos em uma escala de 0 a 200 pontos

Marina Costa
Marina Costa
Publicado em 27/11/2018 às 9:29
Foto: Elza Fiúza
O índice atingiu 84,7 pontos em uma escala de 0 a 200 pontos - FOTO: Foto: Elza Fiúza
Leitura:

O Índice de Confiança da Construção (ICST), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), cresceu 2,9 pontos de outubro para novembro, na terceira alta consecutiva. O índice atingiu 84,7 pontos em uma escala de 0 a 200 pontos, o maior nível desde janeiro de 2015 (85,4 pontos).

Índice

O empresário da construção civil está mais confiante no futuro. O Índice de Expectativas subiu 4,8 pontos e atingiu 95,8 pontos, voltando ao nível de janeiro deste ano. A confiança no momento presente, medida pelo Índice de Situação Atual, também avançou (1,1 ponto) e chegou a 74,1 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade (Nuci) do setor caiu 1,3 ponto percentual, para 64,7%.

Segundo a pesquisadora da FGV Ana Maria Castelo, nos três últimos meses, as expectativas de recuperação da demanda e de melhoria dos negócios no curto prazo aumentaram a confiança dos empresários do setor. Apesar de mostrar uma retomada muito lenta, já repercute sobre o emprego do segmento.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias