ESTUDOS

Governo chega à proposta inicial sobre redução de impostos em jogos eletrônicos

O Ministério da Economia estuda reduzir de 40% para 32% o IPI das "partes e acessórios dos consoles sem tela incorporada"

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 02/08/2019 às 20:26
Notícia
Foto: Pixabay
O Ministério da Economia estuda reduzir de 40% para 32% o IPI das "partes e acessórios dos consoles sem tela incorporada" - FOTO: Foto: Pixabay
Leitura:

Após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciar, em seu Twitter, que consultou a equipe econômica para falar sobre a redução de impostos dos jogos eletrônicos, o governo já chegou à proposta inicial. De acordo com informações da agência Reuters, o Ministério da Economia estuda baixar de 50% para 40% o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) cobrado para os console.

Além disso, para "partes e acessórios dos consoles sem tela incorporada", a intenção é reduzir o IPI dos atuais 40% para 32% e os de "game cards e máquinas de videogames com tela incorporada" de 20% para 16%.

Impacto

A estimativa do Ministério da Economia é que, com a redução das alíquotas do IPI, o governo deixe de ganhar R$ 50 milhões em dois anos. Caso o decreto seja assinado pelo presidente e entre em vigor em dezembro, o setor irá deixar de pagar R$ 1,94 milhão em impostos neste ano.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias