LEILÃO

'Estou surpreso sim', assume diretor-geral da ANP sobre resultado de leilão do pré-sal

Das cinco áreas de pré-sal oferecidas na 6ª Rodada, apenas uma foi vendida, a de Aram, na Bacia de Santos

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 07/11/2019 às 12:53
Notícia
Foto: Agência Brasil
Das cinco áreas de pré-sal oferecidas na 6ª Rodada, apenas uma foi vendida, a de Aram, na Bacia de Santos - FOTO: Foto: Agência Brasil
Leitura:

"Estou surpreso sim", disse o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, sobre o resultado da 6ª Rodada de partilha do pré-sal, realizado nesta quinta-feira, 7. Já o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou que não foi de bom senso da Petrobras informar que gostaria de levar três áreas e arrematar apenas uma.

Das cinco áreas de pré-sal oferecidas na 6ª Rodada, apenas uma foi vendida, a de Aram, na Bacia de Santos.

Como consequência, a mudança do regime de leilão passa a ser cada vez mais uma realidade, acrescentou o ministro. "Petrobras reduz a competitividade do certamente. Já manifestamos essa visão ao Congresso Nacional", acrescentou o ministro.

A ideia é manter a partilha, porém, tirar o direito de preferência da Petrobras de ser operadora dos projetos, com participação mínima de 30%, segundo a secretária de Petróleo e Gás do MME, Renata Isfer.

Leia Também

Últimas notícias