CAIXA

Veja nova data para sacar R$ 998 do FGTS

Para aqueles com saldo superior a R$ 998, o limite de saque por conta segue sendo de R$ 500

JC Online
JC Online
Publicado em 13/12/2019 às 7:43
Notícia
Foto: Marcelo Aprígio/JC Online
esclareceu que não conseguiu abrir as contas poupança digitais por falta de informações, como endereço, nome da mãe, data de nascimento, número do RG (registro geral) e data de emissão do RG - FOTO: Foto: Marcelo Aprígio/JC Online
Leitura:

Em live no Facebook do presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira, 12, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou nova data para o saque do FGTS. A partir do dia 20 de dezembro a população poderá sacar o fundo de garantia no novo valor de R$ 998,00, antes de R$ 500. Essa mudança, no entanto, só é válida para quem tiver o saldo de até R$ 998 na conta vinculada ao fundo de garantia. Para aqueles com saldo superior a R$ 998, o limite de saque por conta segue sendo de R$ 500.

O limite do saque imeditado do FGTS passou de R$ 500 para R$ 998, após sanção feita pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, da Medida Provisória (MP), nessa quinta-feira (12), que fixou novas as regras do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

"A Caixa irá realizar pagamento do fundo de garantia de R$ 998,00 a partir do dia 20 de dezembro para 10 milhões de brasileiros com total de R$ 2,6 bilhões", afirmou Guimarães. O presidente do banco público destacou ainda que a Caixa "nunca esteve tão forte do ponto de vista de marketing".

>>> Nascidos em setembro e outubro sem conta na Caixa podem sacar FGTS

Recuo

Em resposta ao presidente Bolsonaro, Guimarães comentou ainda que, se a taxa Selic seguir em queda, os juros cobrados na modalidade de cheque especial para quem tem conta salário no banco podem recuar ainda mais dos 4,9% ao mês.

Detalhes do saque

Segundo a Caixa, os horários das agências serão estendidos:

* Agências que abrem às 8 horas: ficarão abertas mais 2 horas além do horário normal;

* Agências que abrem às 9 horas: abrirão 1 hora mais cedo e fecharão 1 hora mais tarde;

* Agências que abrem às 10 horas ou às 11 horas: abrirão duas horas mais cedo.

Confira as seguintes simulações:

* Trabalhador 1 tinha R$ 998 na conta do FGTS em 24/7. Ele retirou R$ 500 e agora pode sacar o saldo complementar;

* Trabalhador 2 tinha R$ 700 em 24/7. Sacou R$ 500 e agora pode retirar R$ 200;

* Trabalhador 3 tinha R$ 1.000 em 24/7. Ele retirou R$ 500 e agora não tem direito a mais nada;

* Trabalhador 4 tinha R$ 442 em 24/7. Sacou esse valor e agora não tem direito a mais nada.

Quem ainda não sacou os R$ 500 e se enquadra na regra poderá sacar a integralidade dos R$ 998 também a partir de 20 de dezembro.

A retirada dos recursos seguiu um calendário de acordo com a data de aniversário do trabalhador, e os R$ 500 já foram liberados para os nascidos de janeiro a outubro.

O crédito extra, assim como os R$ 500, estarão disponíveis até 31 de março de 2020. Quem não tiver conta poupança na Caixa e não quiser o dinheiro não precisa fazer nada. Os recursos voltam para o FGTS automaticamente.

Os correntistas da Caixa que já receberam os R$ 500 via crédito em conta e têm direito aos R$ 498 restantes também terão o pagamento creditado automaticamente no dia 20 de dezembro.

O saque imediato de até R$ 998 não tem relação com o saque-aniversário, que só começa a ser pago em abril de 2020.

Últimas notícias