EMPREGOS

Nova rede de atacarejo inaugura loja em Carpina gerando 300 empregos

Novo Atacadão tem previsão de abrir um total de 20 lojas no interior de Pernambuco e gerar 1,5 mil empregos diretos

Edilson Vieira
Edilson Vieira
Publicado em 26/09/2019 às 7:32
Notícia
Foto: divulgação
Novo Atacadão tem previsão de abrir um total de 20 lojas no interior de Pernambuco e gerar 1,5 mil empregos diretos - FOTO: Foto: divulgação
Leitura:

A cidade de Carpina, distante 54 km do Recife, ganha a partir de hoje (26) uma loja do Novo Atacadão. Os empreendedores de origem mineira são o Grupo SFA e Super Cidades que investiram R$ 30 milhões na loja. O empreendimento deve gerar 300 empregos diretos na Mata Norte de Pernambuco. Esta é a primeira das 20 lojas previstas para Pernambuco nos próximos quatro anos, fruto de um investimento total de R$ 500 milhões. O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, informou que quatro outras lojas do atacarejo Novo Atacadão já estão em obras. “A de Vitória de Santo Antão deve ser inaugurada em dezembro. A de Arcoverde, em fevereiro do ano que vem. E a loja de Santa Cruz do Capibaribe está prevista para abril também de 2020. A atração desse grupo de investidores de Minas Gerais é resultado do trabalho de captação realizado pela equipe de atração de investimentos da Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico e da AD Diper”, afirmou Schwambach.

EMPREGOS

Nesta primeira etapa, deverão ser geradas 1,5 mil empregos e até 3 mil indiretos nas quatro unidades. O investimento está avaliado em R$ 120 milhões. Cada uma das lojas custará cerca de R$ 30 milhões.  A seleção para trabalhadores das próximas unidades envolve vagas para funções como estoquista, operador de caixa, operador de empilhadeira, repositor de estoque, açougueiro, gerente e subgerente de loja e será realizada pelo RH da empresa, via site, a partir do mês de outubro. Os currículos podem ser enviados para o email curriculo@novoatacadao.com.br.

"O fato deles terem escolhido cidades de médio porte para sediarem suas primeiras unidades na região coincide com uma das prioridades do Governo de Pernambuco, que é descentralizar o investimento privado e fazer com que o trabalhador permaneça no seu município, empregado e gerando renda. O impacto de um empreendimento de R$ 30 milhões numa cidade com a população do tamanho de Carpina é significativo”, considera Schwambach.

Cerca de 200 comerciantes locais também foram prospectados para atuarem como fornecedores da nova rede de atacarejo. O mix das lojas contará inicialmente com oito mil itens, entre alimentos perecíveis, não perecíveis, artigos de higiene, limpeza, automotivo, bomboniere e bebidas, dentre outros produtos. Cada uma das lojas ocupará 12 mil metros quadrados de área construída e terá 500 vagas de estacionamento. A fim de aquecer o consumo local, os empreendedores também lançarão um cartão de crédito de bandeira própria.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias