VAREJO

Dia dos Namorados eleva vendas

No país, vendas aumentaram 7,72% em relação ao mesmo período de 2012. No Recife, percentual foi de 7%

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 14/06/2013 às 11:15
Leitura:

O Dia dos Namorados foi uma data comemorada pelos varejistas. De acordo com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), de 6 a 12 de junho, o movimento de vendas no comércio brasileiro aumentou 7,72% em relação ao ano passado. O aumento foi maior do que o previsto pelos lojistas, que esperavam um crescimento de 5% no volume de vendas. No entanto, o crescimento em 2013 desacelerou, comparado com 2012, que registrou uma variação positiva de 9,08% ante 2011. Recife não ficou muito atrás da média nacional. Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Recife, Eduardo Catão, o comércio local registrou um crescimento de 7%, o esperado para a data neste ano. 

“Apesar do aumento estar dentro do esperado, eu acredito que o varejo perdeu um pouco de movimento por conta da chuva, que atrapalhou as compras”, expõe Catão. De acordo com ele, a despesa média do recifense foi de R$ 80, entre roupas e sapatos, “artigos que venderam muito bem”. Já o tíquete médio dos namorados brasileiros ficou em R$ 100, gastos com itens de vestuário, calçados, perfumaria, floricultura, joias e bijuterias, segundo a CNDL.

De acordo com o presidente da confederação, Roque Pellizzaro Junior, apesar do varejo ter registrado uma desaceleração em relação aos últimos dois anos, o crescimento de 2013 ainda é considerado positivo. “A pressão inflacionária do primeiro semestre do ano vem corroendo o poder de compra do salário do brasileiro, situação que não era tão latente nos anos anteriores. Tendo isso em vista, registrar um crescimento de 7,72% é algo positivo e que deve ser comemorado pelo setor”, avalia Pellizzaro.

A avaliação do CNDL e CDL Recife comungam com os dados apurados pela Boa Vista Serviços, administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Segundo a administradora, as vendas do Dia dos Namorados em 2013 cresceram 3,5% comparadas a 2012. O resultado é menor do que o observado no ano passado, quando as vendas no comércio superaram em 4,6% em relação ao mesmo período de 2011. Para o SCPC, a redução do ritmo do crescimento das vendas em 2013 segue a tendência do movimento do varejo no ano, que deve ser inferior ao de 2012, refletindo o aumento dos preços e as condições menos favoráveis de crédito.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias